Gráfica implementa tecnologia ATA

0
0

A Gráficos Burti adquire software de storage da Nexsan Technologies. O setor de produção de arquivos digitais trabalha com 10 TB (Terabytes) de dados on line, o que elimina o tempo de espera na busca e recuperação de imagens. A solução adotada foi o ATAboy2, que utiliza a tecnologia ATA e oferece menor custo de armazenamento de dados on line. A maioria dos clientes da gráfica é composta por agências de publicidade, que trabalham com prazos curtos para entrega de arquivo digital.
“Às vezes trabalhamos com 30 minutos de prazo para a entrega da ordem de serviço. Como o reaproveitamento de imagens de campanhas anteriores toma cerca de 35% de nossos trabalho, o ATAboy2 veio facilitar em muito esse processo. Os dados que ficavam em fitas e eram localizados por um robô, com tempo de espera grande, agora estão on line”, explica Denis Honda, gerente de sistemas da Burti.
Os clientes da companhia estão 100% satisfeitos e seguros com a estratégia de relacionamento adotada, pelo menos é o que garante Cláudio Viana, líder de montagem eletrônica. Entre as muitas vantagens que a solução trouxe, Viana aponta como a mais importante, a eliminação da perda de imagens causada pelo uso constante das fitas onde os dados ficavam armazenados. “Hoje os clientes têm total confiança no nosso serviço e não mais pedem cópia do material produzido para se garantir contra a perda destas imagens”, garante o líder.
Rapidez e agilidade
Os clientes da gráfica estão saltando de contente, a confiar nas palavras de Alberto Botelho da Silva, supervisor da Burti. Ele garante que todos estão felizes com a rapidez e a agilidade com que a empresa trabalha. “Em oito meses de uso do ATAboy2 não tivemos nenhuma imagem perdida”, confirma. O analista de sistemas Frederico Noronha, explica quais são as vantagens de se investir em estratégias de relacionamento com o cliente.

“Além de benefícios não mensuráveis, como a satisfação, ganhamos em prazo, desempenho e produtividade. O investimento foi totalmente pago e não tivemos reclamação dos clientes”, entusiasma-se Noronha. “Fomos a primeira gráfica no Brasil a usar Macintosh, investimos pesado em equipamentos e mão de obra qualificada, além disso, há nove anos trabalhamos com link de comunicação de rádio com nossos clientes no Brasil e exterior”, orgulha-se Honda, explicando que o diferêncial da Burtis é o investimento em TI.