HSBC cria Instituto Solidariedade

0
7


Em decorrência do crescimento dos negócios no país, o HSBC Bank Brasil decidiu ampliar os investimentos sociais com a criação do Instituto HSBC Solidariedade. A partir de 31 de março, o Instituto será um braço estratégico do Grupo, atuando de forma totalmente independente, com gestão própria, focada em projetos estruturados nas áreas de Educação, Meio Ambiente e ações na Comunidade, pilares da ação social da instituição em todo o mundo.

A criação do Instituto HSBC Solidariedade surgiu da necessidade de profissionalizar ainda mais a ação de investimento social que vinha sendo feita pela instituição e que crescia vertiginosamente. Outro objetivo a ser perseguido com a iniciativa é que o novo Instituto contribua para que os recursos sociais, gerados direta e indiretamente pelo banco, possibilite que a área tenha uma fonte de recursos própria para o custeio das atividades.

De acordo com Helio Duarte, diretor-executivo de Relações Institucionais do HSBC Bank Brasil e presidente designado do Instituto HSBC Solidariedade, “o crescimento do HSBC no Brasil vai possibilitar que aumentemos nossa atuação na área social e a criação do Instituto vai ajudar nessa missão. O Instituto trará a independência que está se buscando para ampliar ainda mais esse trabalho”.

Devido aos esforços na área social, o Grupo HSBC obteve o quarto lugar geral e o primeiro entre empresas financeiras no ranking de responsabilidade social da revista de negócios norte-americana “Fortune”, em 2005. No Brasil, o reconhecimento deste trabalho foi resultado de um investimento de mais de R$6 milhões, seja por ações e projetos próprios ou pelo apoio a iniciativas de terceiros. Sendo que em 2005 foram apoiados 109 projetos, beneficiando diretamente 11.775 pessoas.