Inadimplência registra forte queda

0
1


O mês de setembro registrou uma forte queda no número de cheques devolvidos e títulos protestados, de acordo com estudo da Equifax, empresa fornecedora de soluções para gestão de negócios. O estudo revela que retornaram 2.681.243 cheques por falta de fundos em setembro de 2006. A retração chega a 18,46% em relação ao mês de setembro de 2005 e é 13,86% menor do que o volume registrado em agosto deste ano.

Segundo o coordenador do Centro de Conhecimento Equifax, Alcides Leite, setembro indica que a reversão foi aguda nos índices de inadimplência de cheques sem fundos. “É um mês atípico no ano, o que pode ser explicado pela recuperação da renda e pelo aumento do número de empregos em relação a igual período dos anos anteriores. Em 2006, apenas em janeiro e fevereiro houve redução significativa como essa”, afirma. No acumulado de janeiro a setembro, houve uma queda de 1,24% no volume de cheques devolvidos, em um comparativo com o mesmo período do ano passado.

Outra queda significativa ocorreu no volume de títulos protestados em setembro, com diminuição de 20,05% – foram 664.662 protestos – em comparação ao mês de agosto, quando foram registrados mais de 831 mil. No entanto, a queda é de apenas 1,99% em relação a setembro de 2005, que apontou 678.139 protestos. Para o coordenador da Equifax, em setembro foi interrompido um comportamento que vinha sendo registrado no segundo semestre deste ano de crescimento contínuo no volume de títulos protestados.

Na conclusão da Equifax, os índices de queda podem ser reflexos da vontade dos consumidores em liquidar os compromissos pendentes para adquirir novos créditos. “Somados à recuperação da renda e ao menor nível de desemprego, é importante acrescentar também a redução dos juros”, acrescenta Leite.