O canal para quem respira cliente.

Instituto Ronald McDonald investe em tecnologia

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin



Perto de completar 10 anos de existência no Brasil, o Instituto Ronald McDonald ajuda, anualmente, cerca de 30 mil crianças, adolescentes e familiares por meio de projetos desenvolvidos em parceria com cerca de 100 instituições cadastradas, dando tratamento de qualidade e o suporte necessário para o combate ao câncer infanto-juvenil. Porém, o instituto sentiu a necessidade de identificar as regiões de maior demanda para otimizar os investimentos em projetos distribuídos por todo País.

 

Para isso, utilizou a ferramenta MapXtreme da Pitney Bowes Business Insight (PBBI), empresa norte americana especializada em desenvolver sistemas de qualificação de dados e de inteligência de localização. Com o mapeamento das incidências de câncer, o Instituto pode criar estratégias que auxiliem no tratamento adequado, na minimização das migrações das crianças e na instalação de casas de apoio, a exemplo das três Casas Ronald McDonald atuais (São Paulo, Rio de Janeiro e Santo André).

 

O projeto é resultado da parceria entre a PBBI e a Ion Information Network, consultoria especializada em marketing geográfico, que adotou o MapXtreme como ferramenta base no desenvolvimento da solução Íonline. “Utilizando o Íonline, fizemos o cruzamento de informações, e a ferramenta da Pitney foi muito importante para a criação dos mapas. Com isto o Instituto Ronald McDonald conseguiu tomar melhores decisões sobre os lugares para investir” comenta Pedro Figoli, sócio diretor da Íon.

 

Para Ricardo Sahagun, account manager da Pitney Bowes Business Insight para América Latina, o projeto com o Instituto foi além das expectativas. “Utilizamos o Íonline, construído com a ajuda da ferramenta da PBBI, para disponibilizar nossas análises geográficas elaboradas para o instituto sobre a incidência e migração de casos de câncer infanto-juvenil. E, com a ajuda da ferramenta, o instituto consegue realizar ações mais direcionadas e objetivas”, completa.

 

Segundo dados do Instituto Nacional de Câncer, no biênio 2008/2009 ocorrerão, por ano, 9.890 casos novos de câncer em crianças e adolescentes. Isso representa cerca de 3% de todos os casos novos de câncer. Por este motivo, o trabalho do Instituto Ronald McDonald. “Filtrar todas as informações que precisamos é difícil, mas a Íonline foi eficiente e com alto grau de clareza na apresentação dos dados requisitados. Cada vez mais conseguimos as informações de maneira rápida e assertiva”, comenta Claudia Lossio, gerente de projetos do Instituto Ronald McDonald.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima