Janeiro registra aumento do número de cheques devolvidos

0
3

O número de cheques devolvidos por falta de fundos no País aumentou 3,4% no mês passado, na comparação com janeiro de 2003, de acordo com o levantamento da CheckOK, empresa nacional de verificação eletrônica de crédito. Dos 178,4 milhões de documentos compensados em janeiro, 9,7 milhões eram frios, ou seja, 55 cheques em cada mil compensados não tinham fundos. No mesmo mês de 2003, foram devolvidos 53 cheques em cada mil compensados. Na comparação com dezembro de 2003, quando 45 cheques em cada mil foram devolvidos por falta de fundos, a inadimplência aumentou 20,1%.
Na comparação entre os meses de janeiro de 2004 e 2003, foi registrada alta da inadimplência em 19 estados e no Distrito Federal, de acordo com o levantamento da CheckOK. A Paraíba teve o pior resultado, com aumento de 77,2%. Os estados do Mato Grosso do Sul (21,8%), Pernambuco (5,9%), Roraima (75,2%), Rio de Janeiro (1,9%), Rio Grande do Norte (29,7%) e Rio Grande do Sul (1,9%) registraram queda da taxa de inadimplência. Abaixo, a tabela com a inadimplência de cada estado e de cada região geográfica.
Em São Paulo, estado com maior volume de cheques compensados (aproximadamente 70 milhões), de cada mil cheques compensados em janeiro, 49 foram devolvidos por falta de fundos, revela o levantamento da CheckOK. Esse total é 0,1% maior do que o registrado em janeiro de 2003, ou seja, o número de cheques sem fundo praticamente ficou estável no período. Já em relação a dezembro de 2003, quando foram devolvidos 40 cheques em cada mil depositados, houve aumento de 23,5%.
As cinco regiões do País apresentaram aumento da taxa de inadimplência: Região Norte, 16%; Centro-Oeste, 10%; Nordeste, 9,5%; Sul, 1,2% e Sudeste, 1%, na comparação entre os meses de janeiro de 2004 e 2003. Em relação ao mês de dezembro de 2003, também foi registrada alta em todas regiões: Norte, 14,6%; Centro-Oeste, 20,4%; Nordeste, 12,5%; Sul, 21,2% e Sudeste, 21,3%.