Liberty Seguros interliga novas filiais

0
6


A Liberty Seguros está promovendo um amplo projeto de expansão para novas localidades em diferentes regiões do país. A companhia inaugurou filiais nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. Para facilitar a comunicação, os novos escritórios estão sendo interligados com redes virtuais privadas (VPN) que reduzem os custos de comunicação em até 40% – em relação aos links privados -, garantem segurança dos dados e permitem redundância na conexão da rede.

Paulo Franco, CIO da Liberty Seguros, acredita que o uso de VPNs é uma opção inteligente para atender a demanda de crescimento com qualidade e custos adequados. “Nosso crescimento em cidades menores exigiu da área de TI soluções de baixo custo com alta qualidade. Já inauguramos 25 filiais da Liberty Seguros que têm de duas a três pessoas. Elas têm acesso aos sistemas e serviços da companhia por meio de conexão monitorada e baixo custo fixo quando comparada com links de comunicação ponto-a-ponto”, explica o executivo.

O projeto de interligação das novas filiais foi desenhado e implantado pela integradora NetMicro que, por meio de seu NOC-Network Operation Center, também gerencia remotamente as VPNs da Liberty, no formato 24x7x365 (24 horas, sete dias na semana, o ano todo). Hoje, os novos escritórios estão conectados entre si e com a matriz em São Paulo por meio de firewalls da fabricante SonicWall. O modelo mais robusto PRO2040 foi instalado na matriz e os 25 firewalls na versão TZ170 SP foram implementados nas filiais. Esta solução de conectividade e segurança provê alta disponibilidade e qualidade na comunicação. Os demais escritórios da Liberty (cerca de 40) estão interligados com link privado (Frame Relay).

De acordo com Cleomedes Marangoni, gerente de negócios da NetMicro e responsável pelo projeto, a Liberty tinha plano inicial de implementar apenas 8 VPNs em 2005, mas o sucesso do projeto foi tão imediato que dobrou para 16 filiais interligadas com rede virtual em 2005 e, atualmente, já são 25. “A tecnologia VPN é segura, oferece alta qualidade e é disponibilizada com preço bastante competitivo. Por isso, acredito que este projeto de interligação das filiais com rede virtual deva expandir ainda mais”.