Mabe compra BSH Continental

0
1



A Mabe, multinacional latino-americana de linha branca, concluiu a transação para adquirir por aproximadamente R$ 70 milhões o controle da BSH Continental Eletrodomésticos, filial brasileira da alemã BSH Bosch und Siemens Hausgeräte GmbH, proprietária das marcas Bosch e Continental. Esta compra tem como objetivo permitir à Mabe consolidar a liderança na América Latina, onde o Brasil é o mercado que mais cresce. “Com o negócio, a Mabe demonstra que é uma empresa que chegou ao Brasil para ficar”, garante Patricio Mendizabal, presidente da Mabe no Mercosul.

 

Mendizábal ressalta que os grandes beneficiados após a operação serão os clientes. “A Mabe tem um portfólio de marcas e produtos mais sólido do mercado para todo tipo de necessidades. Estamos unindo em uma mesma empresa a tecnologia européia à tecnologia americana e latino-americana. O cliente ganha com um grupo mais forte e diversificado”, afirma. A aquisição da BSH Continental permitirá que a Mabe se fortaleça em dois nichos de mercado diferentes (Premium e popular), além de consolidar a distribuição das próprias marcas no Brasil – General Electric, Mabe e Dako.

 

Com apenas seis anos da operação no Brasil, a Mabe torna-se o segundo maior player do mercado brasileiro, com uma participação estimada de 25%, um faturamento de R$ 1,8 bilhão (excluindo impostos e exportações) e vendas de 4,2 milhões de unidades. Com a incorporação, além de conseguir uma maior participação no mercado, a Mabe diversificará os segmentos e produtos no Brasil. A Mabe também aumenta os pontos de venda em 30% e passa a contar com mais duas fábricas em Hortolândia (SP) e um novo centro de distribuição.

 

Para Luis Berrondo, presidente do conselho de administração e diretor geral da Mabe, o Brasil é um mercado-chave. “Tínhamos que apostar no nosso crescimento no país. Esta aquisição demonstra como em épocas de crise é preciso aproveitar as oportunidades: a Mabe se converte na companhia mais importante da linha branca da região”, completa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorUm novo recorde
Próximo artigoConhecimento é como um litro de leite