Mais conectados!

0
3
Os visitantes dos sites bancários no Brasil permaneceram conectados por 1h22min no mês de julho de 2013, segundo a pesquisa NetView, do Ibope Media. Comparando com a mesma pesquisa aplicada em outros países, considerando o acesso no trabalho e em domicílios, os brasileiros registraram, em julho, o maior tempo. Entre os países comparados, o que mais se aproximou do Brasil em tempo de acesso a sites de bancos foi a Alemanha, que registrou 47 minutos por pessoa.
Segundo o consultor do Ibope Media, José Calazans, uma das explicações para o considerável tempo de consumo de páginas de bancos no Brasil é a utilização de mais de um site pelos mesmos visitantes. “A pesquisa mostra que uma mesma pessoa visita diferentes sites de bancos. Entre as grandes instituições bancárias, quase 40% da audiência visita com frequência mais de um site”, afirma o consultor.
Além do elevado tempo médio, a quantidade de pessoas que navegam nas páginas de bancos também aumenta no Brasil. Em julho, o número de usuários únicos dos sites bancários atingiu 22,1 milhões, entre os que usam computadores do domicílio ou do local de trabalho. A marca representa um crescimento de 2,2% sobre os 21,6 milhões do mês anterior e de 20% sobre os 18,4 milhões registrados em julho de 2012.
O volume de usuários únicos dos sites bancários correspondeu a 39,3% do total de usuários ativos da internet, em casa ou no trabalho, em julho de 2013. Um ano antes, esse alcance era de 38,1%.
Considerando apenas a navegação domiciliar, o crescimento anual da audiência dos sites de bancos foi de 25%, ao passar de 12,2 milhões, em julho de 2012, para 15,4 milhões, em julho de 2013.
A maior parte desse crescimento ocorreu entre usuários com banda larga de maior capacidade. Em julho de 2012, 5,6 milhões de internautas domiciliares com mais de 2 Mb navegaram em sites de bancos, número que correspondia a 46% dos visitantes domiciliares desses sites. Um ano depois, esse número passou para 8,7 milhões, correspondendo a 57% do total de visitantes de sites bancários.
Usuários ativos no trabalho e em domicílios
Das 76,6 milhões de pessoas com acesso à internet no trabalho ou em domicílios no Brasil, 56,2 milhões foram usuárias ativas em julho. Esse número correspondeu a um aumento de 3,3% sobre os 54,4 milhões de usuários ativos de junho e de 16% sobre os 48,3 milhões de julho de 2012.
O número total de pessoas com acesso em todos os ambientes (domicílios, trabalho, lan houses, escolas, locais públicos e outros locais) foi de 102,3 milhões no primeiro trimestre de 2013.