Marcas de melhor reputação no país

0
4
A Nestlé e Honda são as empresas com a melhor reputação no Brasil, de acordo com estudo “Brasil Reputation Pulse”, realizado pelo Reputation Institute, RI, que analisou a reputação das 100 maiores companhias atuantes no país, listadas de acordo com a receita anual. Ambas as empresas atingiram o nível “excelente” de reputação, conforme a pesquisa, que ouviu mais de 6500 pessoas, entre 18 e 65 anos nas principais capitais brasileiras. 
A pesquisa avaliou a percepção dos clientes em relação às instituições tanto do ponto de vista racional quando do emocional para compor o indicador “Pulse”, que identifica o vínculo das pessoas para com as empresas a partir do nível de estima, admiração, confiança e empatia que nutrem por elas. O ranking posiciona as empresas a partir do nível de excelência alcançado, seguindo a metodologia RepTrak que mensura em pontos a percepção dos entrevistados. A reputação é considerada excelente a partir de 80 pontos na escala; forte, entre 70 e 79; mediana, de 60 a 69 e fraca em níveis abaixo disso.
No ranking, logo abaixo da Nestlé, que atingiu 82,1 pontos, vem a montadora de automóveis Honda, também com reputação considerada excelente. A Natura foi a brasileira mais bem posicionada, com 77,1 pontos. Dentre os setores que mais possuem empresas no ranking está o de Bens de Consumo, com sete representantes. “Esse setor é caracterizado pela oferta de produtos que satisfazem necessidades de consumo dos indivíduos e, por isso, as marcas que nele atuam tendem a ser associadas a essa satisfação, o que gera vínculo emocional e faz com que a reputação das empresas desse setor seja geralmente mais alta, em diversos estudos”, explica Ana Luísa de Castro Almeida, diretora do RI no Brasil. “Ao se tornarem mais próximas dos consumidores, essas empresas constroem relações de preferência e confiança, o que resulta em um vínculo emocional forte”.
A autoindústria também chama a atenção pela quantidade de representantes no ranking. Segundo o RI, esse destaque mais uma vez não é por acaso. “Ainda que montadoras sempre apareçam em rankings mundiais como empresas de reputação forte, o consumidor brasileiro em particular associa a compra de um veículo a uma conquista, um dos mais importantes e desejados bens duráveis, que precisa representar para ele respeito e admiração”, explica a executiva.
A pesquisa “Brasil Reputation Pulse” mostra também quais são as 20 empresas nacionais mais bem colocadas no ranking da reputação. A liderança fica com a Natura, que ocupa o 7° lugar na lista que também engloba as estrangeiras. A empresa de cosméticos é seguida pela BRF, também do setor de Bens de Consumo. Cinco empresas do ranking de brasileiras pertencem ao setor de varejo. O bom posicionamento de companhias como Lojas Americanas, Casas Bahia, GPA, Magazine Luiza e Atacadão demonstra a relevância do negócio voltado para as classes C e D, como a nova classe média no País. “Esse setor ganha cada dia mais espaço e o apreço dos consumidores ao oferecer facilidades como variedade, preço e condições de pagamento”.
Outro setor forte no país é o bancário. “Apesar de em geral bancos serem associados a filas e a reclamações sobre atendimento, os brasileiros tendem a optar por bancos nacionais, nos quais tem mais confiança que nos estrangeiros, pois a escolha da organização que cuida de seu patrimônio se baseia em confiança. Dentre as 20 empresas brasileiras de melhor reputação, quatro pertencem a esse setor”, diz Ana Luísa.
O Reputation Institute identificou também alguns comportamentos que mostram a atitude do consumidor para com as empresas pesquisadas. Os resultados revelam como uma boa reputação pode ser favorável para os negócios. Mais de 80% dos entrevistados recomendariam ou comprariam serviços ou produtos fabricados pelas empresas listadas. Isso indica que os brasileiros confiam nessas instituições e que, portanto, se já não são seus clientes, têm potencial para ser. “Dessa forma, produtos atuais ou lançamentos estão protegidos sob a chancela dessas empresas, que já contam com uma espécie de garantia, fornecida pelo histórico de respeito e bom relacionamento. Isso também ajuda muito em um momento de crise”, explica Ana Luísa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNovo site voltado ao cliente
Próximo artigoSem espaço para QI