Marketing direto em pleno crescimento

0
4



A receita do mercado brasileiro de marketing direto de 2009 foi de R$ 21,7 bilhões, com cerca de 11,3% de crescimento em relação a 2008, de receita de R$ 19,5 bilhões. Esses são os números do Indicadores Abemd de 2009 e do 1º semestre de 2010, estudo que dimensiona o mercado de marketing direto no Brasil, elaborado pela Abemd, Associação Brasileira de Marketing Direto, junto com a Simonsen Associados, empresa de marketing e planejamento estratégico.

 

Os segmentos que mais contribuíram para a receita total foram os serviços de Internet e E-commerce, com 24,9%, call center, contact center e telemarketing, com 22,5% e distribuição e logística, com 14%. As taxas de crescimento superaram as do ano anterior. “É interessante que em um ano de crise como o de 2009 nenhum segmento cresceu menos de 8%”, pontua Antônio João Vialli Cordeiro, presidente da Simonsen Associados. Ele destaca que a participação do setor no PIB brasileiro foi de 0,69%. Os principais segmentos usuários do setor de marketing direto são as instituições financeiras, com 22% de participação, telecomunicações e utilidades, com 15% e publicações e assinaturas, com 10,5%. O número estimado de empregos diretos no setor é de 1225, com crescimento de 8,4% em 2009.

 

“Este estudo é muito mais complexo que uma pesquisa, pois mostra o tamanho do negócio para os players do mercado, aumenta o conhecimento do segmento sobre suas várias particularidades e desenvolve uma base de informação estratégica que pode ser atualizada ano a ano”, complementa Efraim Kapulski, presidente da Abemd. Com pesquisas que englobam dados desde 2000, constatou-se que a taxa de crescimento médio do setor até 2009 foi de 12,5%, sendo que a perspectiva para os próximos cinco anos é de 16,4%.

 

O estudo anual é o 5º consecutivo feito pela Simonsen. Os Correios e a Frontier também estiveram na parceria pela viabilização do estudo. A partir de mais de 214 entrevistas com empresas do setor, usuários, clientes, associações e entidades, a estimativa dos negócios são muito próximas da realidade e oferecem uma base sólida de informações estratégicas para investidores e analistas de mercado.