Mercado brasileiro de informática

0
1


A FGV-EAESP (Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas) divulgou os resultados da 17ª Pesquisa Anual sobre o mercado brasileiro de informática. A pesquisa foi realizada em 4.000 empresas com 1.630 respostas de grandes e médias empresas. Os números apresentados no estudo comprovam um crescente processo de informatização.

Segundo a pesquisa, em abril de 2006 existem 32 milhões de computadores em uso no Brasil (corporativo e doméstico). A previsão para 2006 é de um crescimento em torno de 15% sobre as vendas de 6,2 milhões de unidades comercializadas em 2005. Já as empresas estão gastando e investindo 5,3% do seu faturamento líquido em Tecnologia de Informação. E a previsão é de crescimento para esse ano. No entanto, o que mais chamou a atenção foi a maturidade do processo de informatização e a estabilidade dos principais indicadores. Praticamente todas as previsões publicadas em março de 2005, e que foram consideradas na época otimistas para o cenário econômico, se concretizaram.