Mercado de celulares não para de crescer

0
13


O mês de julho registrou um acréscimo de mais 1.061.296 celulares aos 75.517.674 acessos móveis em serviço no Brasil em junho, somando um total de 76.578.970 assinantes do Serviço Móvel Pessoal (SMP) em todo território nacional, segundo dados da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações). Este ano só houve menor número de habilitações em janeiro e fevereiro.

Do total, 62.045.421 (ou 81,02%) dos terminais em serviço são pré-pagos e 14.533.549 (18,98%), pós-pagos. Nos sete primeiros meses de 2005 foram habilitados 10.973.393 novos acessos móveis, contra 8.872.498 celulares no mesmo período do ano passado (2004) – ou 2.100.895 a mais de celulares habilitados, o que representa um crescimento de 23,67% se comparados os dois períodos.

A teledensidade, indicador internacional que aponta o número de celulares em serviço para cada grupo de cem habitantes, subiu para 41,62 em julho – era 41,09 em junho. Em dezembro de 2004, a densidade brasileira era de 36,63, o que revela um crescimento de 13,62% no indicador nos sete primeiros meses deste ano.

Mercado – A prestadora Vivo permanece na liderança do mercado de telefonia móvel brasileiro, com 37,28% – uma pequena redução em relação aos 37,67% do mês anterior. A TIM mantém a segunda colocação, com 22,43% (22,20% em junho), seguida da Claro, com 21,47% (21,46% em junho).

A Oi (Telemar) tem 10,76% (10,66% em junho) do mercado; a Telemig/Amazônia Celular, 5,54% (5,58% em junho) e a 14BrT GSM, 1,96% (1,87% em junho). CTBC Telecom Celular e Sercomtel permanecem com os índices de junho: 0,45% e 0,11%, respectivamente.

A Tecnologia GSM lidera o mercado, com 34.396.394 acessos (44,92% do total), seguida da tecnologia CDMA, com 22.165.324 (28,94%); e TDMA, com 19.844.485 (25,91%). A tecnologia analógica AMPS possui apenas 172.767 acessos (0,23% do total).