Mídia em sacolas biodegradáveis

0
1



Diante da proibição das sacolas plásticas, comuns no comércio varejista, o Grupo Four Midia transformou a restrição em uma oportunidade de mídia para que as empresas tenham um novo canal com os consumidores. A partir do dia 25 de janeiro os comerciantes e grandes redes de supermercados passarão a utilizar sacolas biodegradáveis e pretendem cobrar do consumidor o valor de custo da embalagem. Dessa forma, a empresa desenvolveu, em parceria com a Eco Ventures, uma sacola biodegradável para oferecer às empresas a impressão das marcas em troca do custo que seria cobrado dos consumidores.

 

O Grupo Four Midia já fechou duas ações com mais de 300 mil sacolas biodegradáveis que serão distribuídas em bairros da periferia de São Paulo na semana em que a proibição das sacolas plásticas entra em vigor. Para o diretor do Grupo Four Midia, Meyer Nigri, as marcas que aproveitarem este momento da proibição terão um impacto positivo maior. “O consumidor está reclamando que terá que pagar pela sacola biodegradável e quando chegarem a um estabelecimento e souberem que determinada marca arcou com o custo, certamente o deixará contente e grato pela economia”, explica.