Monitor online

0
16

A subsidiária brasileira da Clarke, Modet, multinacional espanhola com 125 anos de atuação no segmento de propriedade intelectual, está lançando no Brasil o CM Monitor. Dirigido a empresas detentoras de marcas e produtos de renome – ou a personalidades públicas como artistas, políticos e celebridades em geral – o CM Monitor é um composto de software e serviços capaz de monitorar o uso de logotipos, nomes empresariais e demais signos distintivos em qualquer tipo de site na Internet.

O sistema tem alcance global, atingindo cerca de 5 bilhões de páginas, e é dotado de inteligência para realizar até mesmo o acompanhamento semântico de conteúdos que possam constituir infração à imagem ou à propriedade intelectual da empresa ou personalidade contratante. Assim, citações ofensivas ou contextualização indevida de uma imagem não passam despercebidas pelo CM Monitor.


De acordo com Elisa Santucci, Diretora de Consultoria da Propriedade Intelectual da Clarke, Modet, além do aspecto de segurança patrimonial direta – representada pela proteção da imagem – as aplicações do CM Monitor são bastante diversificadas. Elas abrangem, por exemplo, situações como a da empresa franqueadora, que precisa acompanhar o uso adequado de sua marca pelos franqueados, e até o caso de grandes corporações com ações em bolsas de valores, que necessitam identificar e debelar as fontes de “boatos virtuais” danosos a seu desempenho. “No caso de artistas e pessoas públicas, a necessidade de acompanhamento da imagem na Internet é especialmente aconselhável, em função do intenso uso que se faz desta imagem em grupos de comunidades de fãs e grupos de difamadores do tipo “eu odeio o artista tal”, exemplifica a executiva.

Funcionando de forma on-line, o sistema CM Monitor produz, periodicamente, relatórios detalhados sobre a forma como os nomes de domínio, marcas e logotipos são usados ou citados, em toda a extensão da Internet, e ajuda a identificar ações estratégicas para a defesa dos direitos infringidos.

Na análise de Elisa Santucci, outro benefício indireto do serviço CM Monitor está em proporcionar controle sobre a imagem corporativa na Internet de forma global, ajudando a medir o valor do nome de domínio e da marca, através das opiniões manifestadas pela Internet. “A Internet é uma fonte valiosa de informação para se apurar se um ou outro produto está agradando o público de mercado ao qual ele é destinado. Este feedback do público pode até resultar em algumas adaptações para o aperfeiçoamento do produto e o conseqüente aumento nas vendas”.
O CM Monitor pode ser utilizado também para monitorar a concorrência e parceiros comerciais na Web, fornecendo relatórios de impacto para atividades que vão da política de marketing até o planejamento logístico e o posicionamento regional das marcas.

O sistema é flexível, permitindo a elaboração de relatórios adequados à exata necessidade de cada cliente. Juntamente com os relatórios de monitoramento, a Clarke, Modet oferece assessoria jurídica para os casos detectados. Este serviço compreende itens como a apresentação das medidas judiciais cabíveis para os casos relatados, a notificação extra-judicial de infratores e a representação de clientes em negociações e acordos, com ou sem a mediação de entidades como a OMPI – Organização mundial de Propriedade Intelectual, para o caso dos nomes de domínio.

Segundo Luiz Cláudio Menezes, Diretor geral da Clarke, Modet Brasil, o lançamento do CM Monitor é parte da estratégia mundial da Clarke, Modet de diversificar o portfolio de serviços em propriedade intelectual, principalmente em áreas emergentes, como é o caso do ambiente virtual. “Recentemente, lançamos também outro serviço baseado em web, porém orientado a patentes: o Prospecção Tecnológica, que ajuda agentes de pesquisa e desenvolvimento a identificar iniciativas mundiais que possam influir no seu trabalho”, comenta o diretor.