Não é tão fácil como parece

0
1
Autora: Camila Porto
1- Achar que vender na web é fácil
Só anunciar no Facebook não vai conquistar rápidas vendas. “Vender é difícil em qualquer lugar, por isso é preciso encarar a venda online como um processo tão complexo quanto à venda física”, explica Camila. 
2- Não identificar oportunidades de negócio
É importante observar o que o público mais precisa no momento, como um aplicativo novo ou uma solução para um problema atual.
3- Achar que todo mundo vai comprar
É preciso delimitar o público-alvo, buscando uma linguagem e rede social condizente com ele.
4- Encarar como um “trabalho fácil”
Muita gente associa o trabalho em redes sociais com a expressão “ganhar dinheiro online”. A especialista alerta que o termo correto é “trabalhar online”, já que ganhar dinheiro requer muito esforço. 
5- Acreditar nos antigos paradigmas de trabalho
Trabalhar online pode ser libertador quando se compreende que é possível atuar de qualquer lugar, por mais ou menos do que as 40 horas semanais. 
6- Manter-se apenas com um plano
“Faça os anúncios sempre pensando em um plano B, assim como o seu próprio negócio deve ter uma segunda opção na manga”, resume a especialista.
7- Deixar de lado o espírito empreendedor
Ter um CNPJ não faz de ninguém um empreendedor, e para estar nas redes sociais é preciso ter espírito empreendedor o tempo todo.
8- Dedicar-se parcialmente
 “Esquecer um anúncio ou olhar para as redes sociais apenas quando tiver tempo sobrando é uma forma muito ruim de lidar com este tipo de investimento”, ensina.
9- Investir demais
Mais do que investir altas quantias em anúncios no Facebook, Google, Instagram e outras redes, é preciso ter um planejamento. 
10- Investir de menos
O ideal é acompanhar diariamente o andamento de todo anúncio.
11- Ser ofensivo
Para estar nas redes sociais, é preciso se comunicar na linguagem do público e interagir sempre – mas sem exageros
12- Ser falso ou pouco autêntico
“As pessoas sabem quando a marca faz alguma coisa só para pegar carona em uma situação, por isso é preciso ser verdadeiro”, explica. Autenticidade é primordial para a imagem de um produto.
13- Achar que anúncio é máquina de fazer dinheiro
“É preciso ter uma estratégia e saber o que está fazendo. Qualquer pessoa pode fazer um anúncio, mas fazer com que ele dê resultado é mais complicado”, resume.
14-Comunicar-se nas redes sociais diferente da “vida real”
No caso de negócios físicos que atuam nas redes sociais, a especialista ensina que é preciso haver um alinhamento da linguagem online e a forma de se comunicar nos meios off-line. 
15- Conhecer o público-alvo superficialmente
É preciso conhecer o público com mais profundidade que apenas saber faixa etária e classe social.
16- Não se relacionar
 “Ninguém entra nas redes sociais para comprar, mas para se relacionar, e como o relacionamento faz parte da venda, ninguém compra de uma empresa ou pessoa que não conhece”, ensina Camila, que ressalta a importância de oferecer informações e criar um sentimento de comunidade antes de querer vender.
17- Prender-se a apenas uma ou duas redes sociais
Existem muitas redes sociais que podem ser aproveitadas, e prender-se apenas às mais famosas pode não ser uma boa solução. “Alguns negócios pedem atendimento ao cliente pelo Whatsapp, enquanto outros encontram seu público no Instagram e alguns empreendedores devem investir no Snapchat”, exemplifica. O ideal é ficar de olho nas tendências.
18- Fazer apenas “propaganda” no Facebook
Camila avisa que um dos maiores erros de uma marca é publicar apenas divulgação, promoções e produtos nas redes sociais. Redes sociais não são vitrines.
19- Não responder aos comentários
Como a rede social foi feita para interagir com o público, é um problema muito grave quando a página não responde aos comentários e às mensagens.
20- Achar que sabe de tudo sobre as redes sociais
“Não importa o quanto você sabe sobre anúncios e conteúdo das redes, é preciso estar atento às novidades, e também às mudanças de regras dos anúncios, por exemplo”, ensina Camila.
21- Não usar Call to Action
“Todo anúncio precisa exigir alguma ação do público-alvo”, explica Camila, referindo-se ao que o marketing digital chama de “call to action”. Segundo a especialista, o usuário precisa clicar para ir a uma página, reservar o produto, cadastrar-se ou baixar alguma coisa, entre outras possibilidades.
22- Trabalhar com imagens sem entender do assunto
 “É importante ter o conhecimento da área de design, ou contratar um profissional capacitado” destaca.
23- Fazer sempre as mesmas coisas
Camila destaca que é importante variar as estratégias o tipo de conteúdo. “Se você fez imagens, pode tentar o uso de gifs, por exemplo. Não fique sempre produzindo as mesmas coisas, tente variar”, sugere.
24- Mentir e não dar ouvidos ao cliente
Na hora de se relacionar com o cliente é importante nunca mentir e nem fingir que o cliente não tem razão. Fingir que uma reclamação não aconteceu pode acarretar em consequências graves.
25- Apenas fazer – e não analisar os resultados!
O grande segredo de se trabalhar com redes sociais é analisar os resultados, especialmente no caso de anúncios. “Verifique sempre como as pessoas estão respondendo ao seu anúncio e que imagens ou conteúdo mais chama a atenção,” Camila Porto lembra que muitos empreendedores apenas publicam e anunciam, sem analisar ou pensar na melhor forma. “É preciso fazer bem feito, e para isso é preciso analisar e pensar antes de simplesmente publicar”, conclui.
Camila Porto é especialista em internet marketing.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSem defeito!
Próximo artigoSudeste em vantagem