NeoBiz implanta tecnologia móvel nos Correios

0
1


A NeoBiz, empresas provedora de soluções de Internet, implantou uma solução de mobilidade para a ECT (Empresas de Correios e Telégrafos) de Bauru que permitiu à esta companhia prestar serviços de leitura das contas de água para o DAE – Departamento de Água e Esgoto. Assim, os dados são coletados pelo carteiro, digitados, impressos e entregues instantaneamente ao morador. Com a tecnologia móvel, o serviço à população foi aprimorado, proporcionando maior agilidade no processo de leitura e confiabilidade nos dados das contas de água.

O Departamento de Água e Esgoto de Bauru precisava melhorar o serviço de leitura de água que estava deficiente e apresentava alto índice de reclamação por parte da comunidade. Isso devido principalmente por erros de leitura que geravam contas elevadas ou mesma a falta de leitura em muitas residências. Devido ao grande número de reclamações, o DAE optou por terceirizar o serviço de leitura de água para ECT que já dispunha que equipe própria (11 mil funcionários) para entrega de correspondência para todo interior do estado de São Paulo. No entanto, para essa atividade, os Correios contratou funcionários exclusivos e adotou a solução da NeoBiz. Dessa forma, o morador pode inclusive verificar no ato a leitura realizada, bem como ter de imediato a impressão e entrega da conta, possibilitando a conferência do valor do consumo de água.

Com a solução, foram gerados importantes benefícios. A ECT pôde ampliar e diversificar seu portfólio, prestando este tipo de serviço para outras empresas, como por exemplo companhias de Energia Elétrica e outras. “Este contrato de prestação de serviço pode ser oferecido para empresas de diferentes segmentos da economia”, completa Marcos Venícios, gerente de vendas no Varejo da ECT.

Além disso, com serviço mais ágil, houve antecipação de receita para o DAE. Ou seja, as pessoas recebendo as contas em dia também passaram a pagar na data correta ou às vezes de forma antecipada, gerando maior lucro. Segundo José Clemente Rezende, presidente do DAE de Bauru, a implementação do Projeto LIES – Leitura, Impressão e Entrega Simultânea de contas de água, por meio dos Correios, foi uma iniciativa que trouxe resultados positivos para a administração pública.

De acordo com este executivo, antes, cerca de 500 pessoas compareciam diariamente nos guichês de atendimento ao público do DAE de Bauru, e, 60% delas, reclamavam de leitura errada ou não realizada. José Clemente aponta que após a a contratação do projeto, o número de atendimento foi reduzido para aproximadamente 80 pessoas por dia e as reclamações referentes às leituras de consumo chegou quase a zero. Vantagens financeiras também foram apontadas pelo presidente do DAE. “Antes deste projeto, tínhamos um faturamento médio mensal da ordem de R$ 2,5 milhões. Com o novo sistema, a arrecadação mensal está em torno de R$ 4 milhões. Ou seja, houve aumento de 60% na lucratividade da companhia”.