O crescimento da portabilidade

0
2



Em quatro meses de operação da portabilidade numérica no Brasil, 180.144 usuários de telefonia móvel e fixa solicitaram a troca de operadora com a permanência do número do telefone. Desses, 119.143 usuários já tiveram a portabilidade concluída de acordo com a ABR Telecom, entidade administradora do serviço. Ainda no período, cerca de 1.500 solicitações de transferências foram realizadas diariamente nas localidades que já dispõem do serviço.

 

Acessível a 30 DDDs (2.862 municípios), que servem a mais de 60 milhões de usuários de telefonia no Brasil, a portabilidade numérica está em processo de implantação gradativa. A implantação segue um calendário que deverá ser cumprido totalmente na primeira semana de março deste ano com o serviço ao alcance dos mais de 187 milhões de assinantes servidos pelos 67 DDDs existentes no País.

 

Dos 180.144 usuários de telefones que encaminharam solicitações de portabilidade, 66% (119.533) foram originadas de telefones móveis e 34% (60.611) de fixos. E entre os 119.143 pedidos que já tiveram a portabilidade efetivada, 66% (78.960) são de usuários de aparelhos móveis e 34% (40.183) de assinantes de telefones fixos.

 

Sequência – Faltam sete etapas de implantação da portabilidade no Brasil, as quais serão cumpridas entre janeiro e março deste ano. A partir do dia 8 de janeiro (quinta-feira), mais quatro estados serão beneficiados. Os usuários de telefonia contemplados pela portabilidade esta semana serão os mais de 15 milhões servidos pelos DDDs 18 (SP), 51 e 55 (RS), 63 (TO), 65 (MT), 92 e 97 (AM).

 

Neste mês serão 21 novos DDDs oferecendo a portabilidade a mais 48 milhões de usuários de telefonia. Para fevereiro estão previstos 11 DDDs, os quais somam 41 milhões de assinantes, com destaque para a chegada às capitais Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF) e Recife (PE). No mês de março, última etapa de implantação, mais de 36 milhões de usuários terão acesso ao serviço, incluindo moradores das capitais, Belém (PA) e São Paulo (SP).