O canal para quem respira cliente.

O desejo pelo cliente

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
Qualidade do produto, atendimento diferenciado e preço foram os pontos que as empresas tiveram de se atentar, em 2015, para driblar, ao menos um pouco, a crise econômica. No caso da Internacional Restaurantes do Brasil, empresa que administra a Pizza Hut em São Paulo, a procura foi por caminhos que pudessem gerar uma reestruturação interna, a fim de diminuir os custos. Com isso, Flávia Leme, gerente de operações da companhia, conta que como resultado a rede conseguiu conhecer melhor os clientes, entender suas necessidades e, a partir disso, criar novos produtos, bem como aprimorar os processos e a capacitação dos profissionais.
Já para esse ano, Flávia acredita que o mercado deve lidar com clientes ainda mais exigentes, seletivos e sensíveis a preço. Ou seja, os três pilares que pautaram os negócios no ano anterior devem permanecer ainda neste. “A tendência é que as empresas que conseguirem, cada vez mais, melhorar internamente os processos, readequando seus quadros de forma qualitativa e adequando seus preços e produtos de acordo com a necessidade do cliente voltem a crescer”, diz.
Segundo ela, com esse rumo, será mais assertivo atingir bons patamares de vendas. “Ainda prevemos uma situação financeira negativa, com perda no poder de compra, aumento do desemprego e fechamento de diversas empresas”, afirma a executiva. Para que a Pizza Hut, novamente, não seja atingida por essa maré, ela diz que o foco estará em despertar o desejo do cliente pelo produto, por meio do preço justo e agregando uma experiência positiva. “Queremos conseguir manter a base de clientes atuais e atrair novos clientes. Entregando um produto de ótima qualidade, inovação, atendimento diferenciado e preço justo”, finaliza.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima