O que há de melhor em RH no Brasil

0
2


O Encontro Great Place to Work® das Melhores Empresas para Trabalhar 2006 realizado hoje (14/09), em São Paulo, reuniu presidentes e dirigentes de empresas, gestores de pessoas e executivos em geral para mostrar o que acontece de mais importante no país na área de gestão de pessoas. Após a abertura, às 8h30, por José Tolovi Jr., presidente do Great Place to Work® Institute Brasil, o Painel dos Presidentes teve início às 9h, com a participação dos líderes de duas empresas que atingiram um marco notável: estão há 10 anos na lista das Melhores Empresas para Trabalhar no Brasil. Ivan Zurita, da Nestlé, e Luiz Ernesto Gemignani, da Promon, dividiram com os participantes a razão desse sucesso.

Além dos cases da Nestlé e da Promon, o Encontro trouxe também o case da Serasa – eleita a Melhor Empresa para Trabalhar em 2006 segundo a pesquisa realizada pelo instituto -, apresentado pelo presidente da companhia, Élcio Aníbal de Lucca. Outros cases de sucesso na área de gestão de pessoas, entre os melhores, foram apresentados por altos executivos de empresas presentes na lista em 2006: o case da Dow Química – que também está presente há 10 anos na lista -, Chemtech e Milenia Agrociências, trazendo ainda mais munição para as organizações que desejam acrescentar excelência ao seu ambiente de trabalho.

Os participantes do Encontro acompanharam também um estudo exclusivo do Great Place to Work® sobre “A evolução da Gestão de Pessoas no Brasil”, apresentado pelo diretor do instituto, Paulo Medeiros. Com base nas pesquisas anuais realizadas pelo Institute no país desde 1997, Paulo Medeiros destacou o traço comum entre as Melhores Empresas nestes 10 anos e o que mudou (para melhor) no país nesse período no que se refere à gestão de pessoas. Além disso, falou como evoluiu o equilíbrio entre vida pessoal e profissional e o que ainda não está bom entre as Melhores Empresas.