O vôo do hipopótamo

0
9


As adversidades do mundo corporativo sempre reservam grandes surpresas para o meio empresarial. Juros exorbitantes, competitividade acirrada e a elevada carga tributária brasileira são um desafio para a sustentabilidade de qualquer empresa. Segundo dados do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Fundação Universitária de Brasília (Fubra), das 470 mil novas empresas que são constituídas anualmente em média no País, cerca de 59,9% encerram atividades antes de completar 4 anos de existência. Em “O Vôo do Hipopótamo”, lançamento da Editora Gente, Nelson do Nascimento Castro relata como a Cory, tradicional fábrica de balas e drops Icekiss e biscoitos Hipopó, foi surpreendida com a falência em 2004. Hoje, a empresa se encontra em plena recuperação.

Com sua experiência, Nelson expõe como enfrentou uma crise avassaladora, sem crédito e sem dinheiro, contando com o comprometimento de toda uma equipe e o ótimo relacionamento com os clientes e fornecedores. Negócios e produtos, canais de distribuição, marketing e comunicação, clientes e consumidores, liderança e equipe, valores e propósitos são alguns dos temas expostos na obra. “Embora sejam assuntos conhecidos por grande parte dos leitores, são tratados sob a ótica positiva e envolvente, movidos por garra e paixão”, afirma o autor.

Nas descrições, Nelson relata que, mesmo diante de forças restritivas, uma empresa tem condições de se levantar com identidade própria, baseada na força de todos os agentes envolvidos. A Cory foi a primeira empresa brasileira a migrar para a Nova Lei de Falências e dar a volta por cima. Toda experiência das negociações, das assembléias, dos aspectos positivos e negativos da nova Lei faz parte da narração.

Ficha Técnica
Título: O Vôo do Hipopótamo
Autor: Nelson dos Nascimento Castro
Editora: Gente
Páginas: 224
Preço: R$ 28,00