Oracle comemora resultados financeiros

0
12


A Oracle Corporation anunciou esta semana os resultados financeiros de todo o ano fiscal de 2005, encerrado no dia 31 de maio. Durante o ano fiscal, os ganhos por ação subiram 10% e passaram a 55 centavos de dólar. A renda líquida aumentou 8% e atingiu US$ 2,9 bilhões. As receitas cresceram 16% e somaram US$ 11,8 bilhões.

No período, as vendas de software aumentaram 17% e atingiram US$ 9,4 bilhões. O faturamento obtido com novas licenças de bancos de dados e middleware aumentou 13% e passou para US$ 3,3 bilhões. Já as vendas de novas licenças de aplicativos cresceram 28%, passando a US$ 785 milhões. A receita de serviços aumentou 14%, atingindo US$ 2,4 bilhões.

Balanço do último trimestre – No quarto trimestre do ano fiscal de 2005, os ganhos por ação cresceram 4% e passaram para 20 centavos de dólar, enquanto a renda líquida aumentou 3% e atingiu US$ 1,02 bilhão. No período, as receitas subiram 26% e chegaram a US$ 3,88 bilhões. A receita total de software no quarto trimestre aumentou 24% e passou para US$ 3,12 bilhões. As vendas de novas licenças de bancos de dados e software de camada intermediária (middleware) cresceram 16% e atingiram US$ 1,26 bilhão, enquanto o faturamento com novas licenças de aplicativos cresceu 52%, passando para US$ 350 milhões. A receita de serviços aumentou 35% ao atingir os US$ 755 milhões.

A co-presidente da Oracle, Safra Catz, afirmou que “a rápida integração da PeopleSoft aos nossos negócios contribuiu para o forte crescimento tanto nas vendas quanto nos lucros de aplicativos que observamos no trimestre. A combinação de crescimento orgânico com uma estratégia de aquisição cuidadosamente direcionada elevaram as receitas e lucros da Oracle a níveis inéditos”.