Os principais consumidores de telecom

0
3



O grupo social Periferia Jovem foi o que apresentou o maior crescimento de consumo de linhas de telefones (fixa e celular) em 2011. É o que aponta levantamento da Serasa Experian. Segundo o estudo, esse grupo, que representa 20,9% da população brasileira e inclui os segmentos sociais jovens trabalhadores de baixa renda, jovens na informalidade, trabalhadores de baixa qualificação, excluídos do sistema, estudantes da periferia e famílias assistidas da periferia, correspondeu a 19,8% das vendas realizadas pelas empresas de telefonia móvel e 25,5% das de fixa.

 

“A crescente formalização do mercado de trabalho nos últimos anos no Brasil tem beneficiado a população de baixa renda, principalmente os jovens. Estes, além de terem maior estabilidade no emprego pelas regras do mercado formal de trabalho, passam a contar com um comprovante oficial de renda, o que estimula e facilita o acesso desta camada da sociedade em mercados específicos como o de crédito, telefonia, etc. Além do aspecto de inclusão, destacaria também o crescimento da popularidade dos aparelhos de celular entre os jovens”, afirma Ricardo Loureiro, presidente da Serasa Experian e Experian América Latina.

 

Outro grupo social de destaque no estudo foi o dos Aspirantes Sociais, que inclui os segmentos profissionais em ascensão social, boa vida no interior, jovens em busca de oportunidades e consumidores indisciplinados. Eles correspondem a 9,7% da população brasileira e representam 18,9% das consultas da telefonia móvel e 16,5% da fixa. No outro extremo, o grupo Envelhecendo no Interior, que reúne aposentadorias rurais do nordeste, famílias assistidas do interior e idosos do agreste, foi responsável por cerca de 2% das consultas de CPFs tanto na telefonia fixa quanto na móvel. O grupo equivale a 9,2% da sociedade brasileira.

 

Os grupos sociais deste estudo são uma classificação do Mosaic Brasil, metodologia de segmentação da sociedade que leva em conta não só a renda, mas também outros critérios, como educação, geografia, demografia, padrões comportamentais e estilo de vida com o objetivo de entender melhor o mercado, a sociedade.  A aplicação da metodologia Mosaic chegou a 10 grupos sociais e 39 segmentos.