PeopleSoft anuncia estratégias de atuação no mercado brasileiro

0
14

Na primeira visita ao Brasil depois da aquisição da J.D. Edwards, executivos internacionais da PeopleSoft participaram do Synergy 2003, evento que reuniu cerca de 500 executivos, ontem, em São Paulo. Phil Wilmington, vice-presidente executivo para as Américas, Rick Begquist, CTO (Chief Technology Officer), e Enrique Perezyera, vice-presidente senior para América Latina, apresentaram para clientes, parcerios e propects a nova PeopleSoft, sua nova família de produtos.
Com a aquisição da J.D. Edwards, a PeopleSoft tornou-se a segunda empresa de software empresarial. Para tanto, a empresa focará seus esforços no atendimento a sua base instalada, continuará enfatizando a comercialização indireta e investirá na expansão regional. A nova PeopleSoft conta com 14 parceiros de negócios locais. A primeira iniciativa que visa o atendimento a base e a oferta de suporte estendido (4 anos). Além disso, a empresa investirá no Brasil nas áreas de desenvolvimento de produtos, suporte a clientes, treinamento, marketing, entre outros.
A subsidiária brasileira da PeopleSoft conta com 290 clientes. No terceiro trimestre fiscal, finalizado em 30 de setembro último, a companhia reportou mundialmente números acima de suas expectativas. Neste período, no Brasil, a empresa fechou contratos com empresas como Cargill, Correios, C&C – Casa & Construção, Moto Honda, RBS, Sul América, Real Previdência e RBS.
Durante o Synergy 2003, a PeopleSoft apresentou o novo portfólio de produtos, composto por três famílias que atendem às necessidades específicas de clientes de todos os tamanhos e segmentos da indústria. São elas: PeopleSoft Enterprise, PeopleSoft EnterpriseOne PeopleSoft World.