Portabilidade numérica chega a 16,9 mi

0
9



Após quatro anos do início do serviço de portabilidade numérica no Brasil, 16,9 milhões de migrações foram feitas entre operadoras de telefonia, por usuários de telefones fixos e móveis. Os dados são do último relatório da Associação Brasileira de Recursos em Telecomunicações (ABRTelecom), entidade administradora da portabilidade numérica no País. Desde setembro de 2008, quando a portabilidade numérica começou a ser implantada no Brasil, gradativamente, nos 67 DDDs existentes, até o dia 30 de setembro de 2012, foram realizadas 5,9 milhões (35%) de transferências por assinantes de telefones fixos e 11 milhões (65%) por usuários de terminais móveis.

 

No terceiro trimestre deste ano foram efetivadas 1,16 milhão de transferências de operadora de telefonia pelo serviço de portabilidade numérica.  De acordo com o levantamento da ABRTelecom, entre os meses de julho e setembro de 2012, foram processadas 42% (483 mil) das migrações  a pedido de usuários de telefones fixos e 58% (677 mil) de móveis, demonstrando que a estabilidade em relação ao trimestre anterior permanece. No terceiro trimestre de 2011, foram efetivadas 1,51 milhão de migrações, das quais 37% demandadas por assinantes do serviço fixo e 63% do móvel.