Procwork lança solução para setor de papel e celulose

0
7


O Grupo Procwork, empresa de serviços de consultoria e integração de soluções de tecnologia da informação (TI), em parceria com a SAP, fornecedora de aplicativos para gestão empresarial, lança uma solução desenhada especificamente para o setor de papel e celulose. Criada em cima do mySAP All-In-One, e focada na demanda de toda a cadeia deste setor, a solução está adequada para atender aos processos de plantio, passando pela produção de madeira, de celulose e de papel até a manufatura de embalagens.

No segmento florestal, a aplicação pode ser adotada para a gestão do viveiro, plantio e cultivo da floresta, até a transformação da árvore em madeira. Já na produção de celulose, a solução oferece recursos de troca de mensagens para a integração on-line do sistema com o chão de fábrica. A tecnologia também sustenta, por meio de um regime especial, a logística de movimentação tanto da madeira, que vai do campo para a fábrica, quanto da celulose, que vai da fábrica para o porto.

A solução também atende aos processos de fabricação de papel e manufatura de embalagens, que finaliza a cadeia que envolve este nicho. “O sistema também tem total aderência à tecnologia de Business Intelligence, que cria uma visão sistêmica da indústria, dando suporte para o crescimento acelerado que vem ocorrendo neste segmento industrial”, comenta Frederico Vilar, diretor da W3, empresa do Grupo Procwork que é especializada na implementação de projetos SAP e detém expertise no setor de papel e celulose.

Segundo a Bracelpa (Associação Brasileira de Celulose e Papel), as empresas deste setor deverão investir mais de 14 bilhões de dólares até 2012 em capacidade produtiva. De olho nessa projeção, Frederico comenta que o foco dessa nova solução é atingir tanto as empresas que ainda não utilizam a solução SAP, quanto as que já fazem parte da carteira de clientes da desenvolvedora alemã. “As empresas têm orientado os projetos de tecnologia da informação à racionalização dos processos operacionais por meio da prática de melhoria contínua. Para isso, buscam atualmente, na mesma plataforma, a viabilização do planejamento e controle nos níveis táticos e estratégicos”, resume o executivo.