Projeto revela o interesse pelas causas sociais

0
19

A Merck, indústria farmacêutica alemã, está desenvolvendo o Projeto Social Merck para apoiar o IBDD – Instituto Brasileiro de Defesa dos Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência – revertendo 1% das vendas de Cebion para a entidade. Parte do projeto são ações em shoppings da cidade, apresentando a questão da deficiência e o trabalho do IBDD, e fazendo o público interagir com programas de computador específicos para deficiência auditiva e visual. Nesses locais, está sendo feita também pesquisa sobre a percepção da população em relação a produtos relacionados a alguma causa.
Os primeiros resultados das pesquisas, feitas entre 23 de junho e 7 de julho, no Norte Shopping, e 9 de julho e 7 de agosto, no Rio Sul, mostram que o consumidor tem interesse quando as empresas investem em alguma causa social, comprovando estudo anterior do Instituto Akatu de consumo consciente. O Norteshopping é o segundo maior shopping do Rio, com circulação de 2,9 milhões de pessoas por mês, e o Rio Sul recebe cerca de 2 milhões de pessoas por mês.
No Norte Shopping, 280 pessoas foram entrevistadas, sendo 106 homens e 174 mulheres, e 278 delas, ou 99,3%, acham importante o envolvimento das empresas em causas sociais. Mais da metade dos entrevistados (68,6%) disse já ter comprado um produto porque a empresa apoiava uma causa social.
No Rio Sul, a pesquisa atingiu 535 pessoas, sendo 169 homens e 366 mulheres. A porcentagem de pessoas que acreditam ser importante o envolvimento das empresas em causas sociais foi de 99,6%. Um percentual maior de entrevistados já comprou um produto porque a empresas estava apoiando uma causa social: 72,5%.
No Norte Shopping, entre causas associadas a produtos, foram mencionadas, pela ordem, câncer de mama (camiseta do alvo), câncer infantil (Big Mac), fome (camiseta do Fome Zero), menor de idade (artesanato da Cruzada do Menor, cartões da Ação Criança e da Fundação Abrinq), Aids (camiseta) e criança com deficiência (cartões da AACD). No Rio Sul, o câncer de mama (camiseta do alvo) também foi a causa mais mencionada, seguida pela saúde infantil (Renascer), câncer infantil (Big Mac), meio ambiente (cartões do SOS Mata Atlântica), deficiência (cartões da Apae) e crianças com deficiência (cartões da AACD).