Proteção contra fraudes eletrônicas

0
2



O Banco Nossa Caixa colocou em funcionamento um sistema de prevenção a transações financeiras fraudulentas que integra redes neurais e informações de operações realizadas por meio de cartão de débito e do NetBanking. O sistema opera como um “cérebro eletrônico” que interage com uma ampla base de informações constituída a partir da correlação de dados provenientes dos canais de atendimento, tipos de transações e locais comumente usados pelos clientes, além do controle realizado pelas redes neurais e implementação de regras de negócios.

 

O monitoramento ininterrupto desse conjunto de informações age como um filtro ultrassensível, capaz de reconhecer operações com indícios de fraude e evitar a realização. A solução beneficiará cerca de 2,5 milhões de clientes que usam frequentemente o cartão de débito e deverá atingir cerca de 500 mil usuários do Net Banking da Nossa Caixa. O banco investiu R$ 20 milhões no projeto, que também inclui softwares, hardwares e serviços.

 

“O sistema antifraude do Banco Nossa Caixa é inovador porque vai além da adoção isolada de redes neurais. Ele emprega ferramentas usadas para proteger os ativos de tecnologia da informação do próprio banco e integra a rede de agências; ATM’s; Pontos de Operações e Serviços (POS); pontos-de-venda que aceitam cartão de débito como meio de pagamento; correspondentes não-bancários; centrais telefônicas; e NetBanking”, afirma José Waldir Carvalho, gerente do departamento de Segurança da Informação da Nossa Caixa.

 

Além de gerenciar riscos, o sistema contribuirá para que o banco personalize gradativamente o atendimento aos correntistas, pois o refinamento das informações cruzadas e armazenadas permitirá ao programa avaliar, por exemplo, a necessidade de solicitar ou não ao cliente informações em algumas operações pontuais. Desenvolvida pelo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD), o modelo de redes neurais usado pela Nossa Caixa faz parte de uma solução antifraude que vem sendo paulatinamente implantada pelo banco desde abril de 2008.