Qualidade da telefonia móvel em São Paulo

0
1



Um estudo de benchmarking realizado pela Mobile Science, empresa especializada em informações de inteligência para o segmento de telefonia móvel, entre agosto e dezembro de 2008, apurou que, em uma escala de 0 a 10, a telefonia móvel na cidade de São Paulo tem nota 8,9 para os serviços de voz e SMS e de 7,4 para a transmissão de dados. “Em geral, a cobertura é boa, ligeiramente superior às de Brasília e Porto Alegre onde também realizamos estudos semelhantes”, analisa Jorge Schreurs, CEO da Mobile Science.

 

Foram avaliadas seis opções de operadoras/tecnologias disponíveis na cidade de São Paulo: Claro (GSM e3G), Tim (GSM), Vivo (CDMA, GSM e 3G), sendo a última analisada apenas na transmissão de dados. O estudo considerou critérios como disponibilidade, qualidade de áudio e voz, estabilidade da ligação, contagem de interrupção dos serviços, tempo para completar as chamadas, velocidade na transmissão e recepção de dados, entre outros. Quanto ao SMS, que vem adquirindo uma importância cada vez maior dentro do novo perfil de uso dos assinantes, o resultado foi obtido pela porcentagem de sucesso no envio de mensagens entre as diversas operadoras e tecnologias disponíveis.

 

Considerando apenas os serviços de voz, a média em pontos é de 8,7 e quanto ao SMS, o resultado é de 9,1. Em ambas as avaliações, o melhor desempenho é da Vivo (CDMA). Em relação à transmissão de dados, o resultado é de 7,4 e a primeira do ranking é a Claro (3G). “Apesar de a média geral ser satisfatória, existem diferenças sensíveis em determinados critérios entre as operadoras e tecnologias que, dependendo das necessidades do usuário, seja ele pessoa física ou cliente corporativo, podem significar benefícios ou dificuldades”, alerta Schreurs.