Redes sociais pra quê te quero?

0
2
Não é de hoje que se sabe que as redes sociais são uma ótima ferramenta para empresas. E seu uso vai muito além de serem plataformas de comunicação e engajamento de clientes. Elas podem ser grandes aliadas nas vendas, inclusive. Segundo estudo elaborado pelo Sebrae, em parceria com o E-Commerce Brasil, estar presente nas redes é ideal para quem quer vender. Já que 72% dos entrevistados citaram as páginas de relacionamento como um dos principais canais para a concretização de compras online. Os sites de busca ficaram em segundo lugar com 68%. 
Sem contar que essas mídias também são essenciais para o atendimento, tanto antes, durante, com depois da compra. Com isso, Cynthia Akao, a sócia fundadora do Facíleme, plataforma de venda via Facebook, aponta cinco dicas sobre como conseguir ter maior sucesso com as redes sociais na hora da venda e com canal de relacionamento:
Posts que vendem
1 – Aposte no visual
Um dos itens, senão o mais importante é a criação visual. Conteúdo ou promoção, por mais interessante que seja, pede sempre um visual elaborado. “Então, seja criativo, use um padrão definido, cores chamativas e equilíbrio, assim seu post vai gerar resultado esperado”, diz ela.
2 – Vídeos são uma ótima aposta
Novamente, o visual ganha destaque. Agora com a composição do movimento e do áudio. “Aposte em vídeos de vários gêneros, principalmente os informativos e de humor”, aconselha. Mas é preciso cuidado, pois é essencial ser breve. “Vídeos com mais de 1 minuto, a não ser que seja um webinar ou palestra, nem pensar!”
3 – Falem de mim
As redes sociais, diferente dos buscadores, pedem uma conotação diferenciada na hora da venda. Paciência e bom senso são ingredientes essenciais para chegar à conversão. O relacionamento deve ser o primeiro passo e a recomendação, sem dúvidas, é o elemento chave. Por isso, Cynthia ressalta a importância de pedir aos clientes que recomendem ou avaliem o produto ou serviço. “Isso pode valer mais que qualquer anúncio.”
4 – Para cada rede, o seu peixe!
Antes de investir nas redes sociais entenda bem como o seu público se porta nelas. Veja quais são as preferências e aplique a lei dos 20%. “Para cada conteúdo que elaborar, escolha os 20% mais engajados e aposte em uma nova leva, com o restante aposte em outro tipo de conteúdo”, explica ela. Principalmente, se for conteúdo que vende. Ninguém gosta de propaganda o tempo todo. Não deixe a sua página cair com isso.
5 – Venda a ideia e não somente o produto
“Um erro comum nas páginas de lojas é entupir de produtos e promoções que podem até ser muito bons, mas que naquele momento pode não trazer nada para seu consumidor”, comenta a executiva. A informação tem grande poder e, por isso, é importante usá-la com amor. “Use sempre dicas, exemplos, histórias, enfim algo a mais para que as pessoas entendam que o seu produto ou serviço é bom”. Só então quando a ideia entrar no inconsciente, seu produto será terrivelmente necessário e a sua marca única.
Canal de relacionamento
1 – Interação, a gente agradece
Um dos itens que muitas empresas não levam em consideração é o relacionamento e atendimento via redes sociais. “Oras se a sua empresa criou um perfil é porque deve criar relacionamento e um dos itens é esse o atendimento”, diz Cynthia. Por isso, fique sempre atento aos questionamentos, não demore em atender e agradeça a interação. Resultados dependem disso.
2 – Não me deixe esperando
Outro assunto bem polêmico no atendimento é o tempo de espera. É necessário muito cuidado para não terminar algo que pode ser bom em tragédia. “Ninguém gosta de esperar ou o que é pior, receber uma resposta de mais de 40 dias de atraso. Instrua o seu pessoal para que, na dúvida, responda que depois retornará com alguma posição. Mas não deixe seu cliente esperando, no mínimo é muito indelicado”, aconselha ela.
3 – Seja gentil
No caso de alguma reclamação ou disputa seja sempre gentil, prestativo e explique nos mínimos detalhes. Nem todo mundo possui o mesmo conhecimento e tempo de entendimento, por conta disso é imprescindível escutar com atenção e não revidar. “Treine seus colaboradores para que em casos muito complicado, seja passado para o alto escalão. Muitas vezes de cabeça quente, dizemos e fazemos o que não devemos. Por isso calma e bom senso sempre em altas doses.”
4 – Cuide da sua reputação
Publicações nas redes sociais ficam expostas e a cada bom atendimento que você atender sempre será uma forma de publicidade. Ofereça um suporte excepcional, assim você terá um verdadeiro portfólio que aumentará a reputação e credibilidade da sua marca. 
5 – Nunca prometa o que não pode cumprir
Muitas empresas fazem questão de estar em todas as redes sociais, investem em conteúdo, mas esquecem de investir em atendimento. Assim, se fizer algum tipo de promoção ou evento nesse canal, cuidado para que todos sejam atendidos e que seja cumprido o que prometeu. “Lembre-se na hora da crítica tudo corre mais rápido e nas redes sociais é bem mais!”