Reforço na experiência para fidelizar

0
3
Fidelizar e promover experiências inesquecíveis, essas são algumas metas do Le Club AccorHotels, que pretende colocar em ação no Brasil. Atualmente com 25 milhões de usuários no mundo, sendo 2,6 milhões no País, a meta do programa é aumentar em cerca de 35% o número de associados locais até o final de 2016. De acordo com um estudo da Ipsos, realizado com 26 mil usuários de 12 países, incluindo o Brasil em 2015, nove em cada 10 membros dos usuários brasileiros declararam que o programa Le Club AccorHotels torna mais propenso a escolherem os hotéis da rede para realizar sua viagem em virtude dos benefícios futuros que terão.
E para ganhar espaço, a estratégia é explorar ainda mais as oportunidades dentro do Le Club AccorHotels, onde o cliente passa a ter uma série de vantagens de acordo com a categoria do seu cartão (Classic, Silver, Gold e Platinum). Levando em consideração que 95% dos clientes Le Club resgatam os seus pontos em hospedagens nos hotéis do Grupo, as ações planejadas para este ano reforçam a experiência dos clientes durante suas estadias por meio do “Soft Benefits”. Assim, entre as vantagens oferecidas estão upgrade do quarto, tratamento VIP, check-in online e fast check-out, além dos descontos exclusivos de até 50% na diária dos hotéis. 
“Cada vez mais vamos reforçar aos nossos clientes, que eles são únicos e merecem um tratamento com todos os diferenciais do programa. Para isso, temos intensificado nossa comunicação por meio de diversos meios. Faremos uma ampla campanha de mídia que deve entrar no início do segundo semestre deste ano com foco nos canais que fazem parte da jornada do cliente Le Club AccorHotels, como aeroportos, mídias de bordo, redes sociais, entre outros. Já estamos trabalhando na ampliação dos pontos de comunicação dentro de nossos 240 hotéis em operação no Brasil”, explica Flávio Gordiano, head of loyalty AccorHotels América do Sul.
Além disso, outro movimento em crescimento dentro do programa são as ações de experiência, que devem ganhar um espaço maior como o resgate de pontos e/ou convites especiais para grandes shows e ações cada vez mais customizadas como assistir a uma partida de futebol com um ídolo do seu clube ou cozinhar ao lado de um chef renomado. Somente no ano passado, o programa teve um crescimento de 30% no número total de associados na região, sendo que 24% realizaram ao menos uma estadia por meio do uso de pontos. 
O estudo também mostrou que os clientes Gold e Platinum também já utilizam com maior frequência os benefícios do programa, não são leais a uma determinada marca do portfólio, mas as escolhas destes clientes estão direcionadas para selecionar o destino ou experiências. “Esse cenário justifica o fato de ter o alto número de resgates de pontos dos clientes em todas as nossas marcas de hotéis na região”, reforça Gordiano. “Os clientes brasileiros apontam a localização como fator importante, e atualmente os destinos da América do Sul são alvos de interesse”, completa o executivo.