Registros excluídos no SCPC crescem

0
1


O número de registros excluídos no Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) superou o número de registros incluídos em 15,7% em dezembro de 2005. No último mês do ano passado foram incluídas 342.157 dívidas, contra a exclusão de 370.245. Em dezembro de 2004 a diferença entre excluídos e incluídos foi de 15,7%.

Para o presidente da ACSP, Guilherme Afif Domingos, o número maior de registros cancelados indicam que o consumidor preferiu pagar as dívidas com todos os recursos disponíveis. “Os números demonstram que o brasileiro fez de tudo para quitar os débitos, inclusive com o recebimento da segunda parcela do 13º salário, que só sai na segunda quinzena do mês. Além disso, também demonstra que o consumidor não quis se endividar novamente”, analisa.

Com relação às consultas ao SCPC, essas aumentaram 2,1% na comparação entre dezembro de 2005 e dezembro de 2004; e as consultas ao UseCheque aumentaram 8,6% no mesmo período. Porém, em dezembro de 2005 houve um dia útil a mais que no ano anterior. Se for feita a média com o mesmo número de dias no mês, as consultas ao SCPC demonstram redução de 1,7% em dezembro de 2005 sobre o mesmo mês de 2004. Já o UseCheque teve crescimento de 4,6%.

O presidente da ACSP explica que essa queda no SCPC reflete a maior procura do consumidor por bens de menor valor. “Já estávamos alertas sobre a inversão das compras à vista e a prazo este ano. E isso se deu, em grande parte, pela preferência do consumidor em quitar as dívidas anteriores e não contrair novos compromissos. Os juros altos colaboraram muito para que as vendas não fossem melhores e prejudicaram principalmente a venda dos bens de maior valor”, afirma.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCertificação tecnológica
Próximo artigogedas conquista CMMI Nível 2