Renda do internauta tem queda

0
0

A renda média familiar dos consumidores que fazem compras pela internet teve queda desde 2005, como mostra a pesquisa O Observador 2011. Há seis anos, quando foi realizado o primeiro levantamento O Observador no Brasil, essa renda era de R$ 4.013,28 e o número caiu para R$ 2.684,74 no estudo divulgado este ano. O dado pode ser interpretado como crescimento da participação dos compradores de menor renda no consumo via computador.
Depois de ter alcançado o pico em 2005, a renda familiar do internauta consumidor teve redução em 2006, quando a média foi de R$ 3.819,09, seguido por 2007 com R$ 3.632,00 e, de maneira mais acentuada, em 2008 com R$ 2.425,69. Houve elevação em 2009, para R$ 2.737,63, e novo recuo na pesquisa mais recente.
Além disso, a porcentagem dos pesquisados que disseram já ter comprado pela internet cresceu de 16% em 2005 para 20% em 2010.