RM Sistemas prevê crescimento

0
13

A RM Sistemas, empresa de software, acaba de anunciar um investimento de U$ 2,2 milhões na compra e instalação de sua nova sede em São Paulo, localizada no Centro Empresarial Nações Unidas (Cenu), Torre Oeste. Com aproximadamente de 1.000 metros quadrados, a nova sede da RM na capital paulista reforça a estratégia da empresa no mercado de São Paulo, que já representa cerca de 40% de seu faturamento. De acordo com Mauro Tunes, vice-presidente da RM Sistemas, que está se mudando para São Paulo para comandar a operação local da RM, este investimento é reflexo do constante e amplo crescimento da empresa nos últimos anos, mesmo com as crises que atingiram a economia brasileira e o mercado de tecnologia da informação. De um faturamento de R$ 42 milhões em 2000, a empresa saltou para R$ 93 milhões em 2003 e prevê atingir entre R$ 115 milhões e R$ 120 milhões em 2004. “Nos oito primeiros meses do ano já crescemos 30% em relação ao ano passado”, adianta, acrescentando que, somente no interior de São Paulo, a RM prevê crescer 100% em 2004.
Tunes destaca que o objetivo da companhia é se tornar a maior empresa de softwares de gestão do Brasil até o final de 2006. “Já somos a maior empresa de software 100% nacional e vamos manter este ritmo de crescimento para atingir a liderança”. Para obter resultados tão expressivos, a RM vem colocando em prática uma série de estratégias, como a ampliação de atuação em verticais, abertura e fortalecimento de unidades no exterior, forte crescimento regional e lançamento de suas soluções na plataforma .Net, entre outras. Na área de Educação, por exemplo, a RM já é líder de mercado, com mais de mil clientes entre universidades, faculdades e colégios em todo país.
“Além disso, mantivemos e manteremos nosso foco no atendimento ao cliente”, reforça, lembrando que 73% das vendas da RM são geradas por indicação de clientes e/ou profissionais que já trabalharam com a RM. “Conquistamos em média 80 clientes por mês”. A nova sede paulista da RM Sistemas, onde atuarão inicialmente cerca de 100 profissionais, deve ser inaugurada em novembro e manterá o mesmo padrão da matriz da empresa em Belo Horizonte, onde a RM investiu R$ 7 milhões em 2003.