RVA aumenta capacidade de processamento

0
5


A Rede Verde Amarela, uma das maiores malhas de serviços bancários eletrônicos do País, investiu R$ 4 milhões na modernização e ampliação da infra-estrutura de TI, com o objetivo de manter-se bem no segmento de serviços compartilhados do mercado brasileiro. A nova plataforma tecnológica da empresa, que já está suportando o nó central da rede RVA, está baseada em soluções IBM – Servidores RISC System e um sistema de armazenamento de dados da família DS 4000 – e aumentou em 450 vezes a capacidade de processamento de transações da RVA.

“Acreditamos no compartilhamento de redes de auto-atendimento e vamos investir continuamente para prover a melhor infra-estrutura de serviços para os bancos associados e com o melhor custo/benefício. Nossa política será sempre a de nos anteciparmos às necessidades e demandas, garantindo continuidade, segurança, performance e suporte a novos padrões para todos os que participam ou venham a participar da nossa rede”, salienta Juarez Cançado, diretor-executivo da ATP, empresa brasileira especializada na prestação de serviços de TI e administradora da RVA.

Ele destaca ainda que a nova solução amplia as vantagens tecnológicas da rede para receber futuros parceiros. Atualmente, a rede está presente em 1800 cidades brasileiras, proporcionando conforto e comodidade a mais de 11 milhões de usuários, correntistas das 13 instituições financeiras interligadas.

Apesar da complexidade do projeto, o trabalho foi orquestrado pela ATP e hoje a RVA conta com uma solução robusta. “A RVA obteve a simplificação do seu ambiente de TI, redução de custo e uma plataforma modular. Além disso, a nova solução garante melhor performance com mais segurança e disponibilidade na plataforma baixa”, conta. Cada processador utilizado no projeto da RVA pode realizar até 50.000 transações por minuto, pouco mais de 800 transações por segundo.

O projeto foi implantado pela Tecnew, parceira de negócios da IBM em Brasília. “A solução permitiu à RVA ter uma infra-estrutura moderna e flexível para atender, também, um crescimento contínuo da companhia. Além disso, a atuação em conjunto com a Tecnew possibilita ao cliente ter um parceiro local com total conhecimento dos produtos IBM”, diz Marcelo Violento, gerente de vendas da unidade de System p da IBM Brasil.