Setor de moda lidera interações digitais

0
1



O setor de moda é quem mais interage nas ações digitais. É o que mostram os dados da pesquisa da Zipcode, que analisou os resultados das campanhas de e-mail marketing de empresas de distintos segmentos que utilizam sua ferramenta. Estudo analisou as campanhas de e-mail marketing de clientes, e trouxe os níveis de interação, abertura e taxa de erros das ações de relacionamento e prospecção.

 

Na pesquisa realizada dentro das ações de relacionamento, os segmentos que mais obtiveram abertura foram Eletrônicos com 22,9%, Comunicação com 19,3% e Moda com 13,2%. No entanto, no quesito de interação por cliques, o segmento de Moda toma a dianteira e confirma o potencial do setor com 25,5%, seguido por Eletrônicos com 14,3% e Comunicação com 11,3%. Os resultados dessas três áreas poderiam ser ainda maiores, uma vez que elas também são as que mais apresentam problemas no envio. Os Eletrônicos tiveram 26,7% de e-mails não válidos, contra 21% das marcas de Moda e 19,1% de Comunicação.

 

“Os resultados de relacionamentos refletem as melhores práticas no envio de campanhas de e-mail marketing. No entanto, o ponto de problemas de envio chama muito a atenção. Nesse montante, existem potenciais consumidores e talvez não se alcance por conta da falta de cuidado com a base. Ou seja, é importantíssimo manter a base atualizada constantemente, fazer higienização e trabalhar de forma inteligente as informações”, explica Arthur Guitarrari, gerente de novos negócios da Zipcode.

 

Na análise das ações com foco em prospecção, com foco em taxa de abertura, o segmento que mais ganhou destaque na visualização das campanhas foi o de Ensino que teve 12%, seguido pelo de e-commerce com 7%, Moda com 6,4% e Telefonia com 3,8%. Já na parte de taxa de interação por cliques, assim como na em relacionamento, as marcas de Moda tiveram o maior resultado com 21,44%, seguido pelas instituições de Ensino com 21,1%, e-commerce com 15,2% e Turismo com 9,7%.

 

“Apesar de não termos levado esse aspecto em conta, notamos que quando há uma marca conhecida e um assunto interessante, há um aumento significativo no índice de abertura, como ocorreu para um dos nossos principais clientes do segmento de ensino, que obteve 12% de visibilidade em uma ação de prospecção, onde o mesmo tinha como objetivo divulgar cursos executivos. Ou seja, para prospecção é preciso levar em consideração desde a criação da peça até a gestão do envio”, afirma Guitarrari.