Site do Complexo Aricanduva alavanca vendas

0
2



Para a boa parte dos shopping centers, os websites funcionam apenas como fonte de consulta para os clientes, onde se obtém informações sobre o mix de lojas, telefones de contato e mapas de localização dos empreendimentos. Mas para o Centro Comercial Leste Aricanduva – formado pelos Shoppings Leste Aricanduva, Interlar Aricanduva e Auto Shopping Aricanduva -, a ferramenta tecnológica exerce muito mais do que essas funções. O portal destaca uma Vitrine Virtual com ofertas aos consumidores, eventos e programações culturais, banco de empregos, cadastro de currículos e ainda promove a interatividade.


Para facilitar ainda mais, o Aricanduva investiu na instalação de oito totens (diretórios eletrônicos) dentro do próprio complexo. A partir deles, os consumidores entram no endereço eletrônico para conferir a Vitrine Virtual, que apresenta uma ferramenta de pesquisa de ofertas pelas categorias preço, produtos, segmento ou status (lançamento ou promoção). O número de visitas à Vitrine Virtual a partir dos totens no Aricanduva já alcança 88 mil acessos ao mês. Só no último ano, houve um aumento de 65% nas consultas à ferramenta.


Embora algumas lojas ofereçam a opção de compra on-line, o objetivo da Vitrine Virtual é promover um rápido e eficiente canal de contato entre o cliente e o produto. Com esse formato, o site também funciona como propulsor de vendas, o que vem gerando a satisfação dos lojistas. A Anjos Calçados é uma das lojas que vêm colhendo os bons frutos da divulgação no mundo virtual. “Muitos clientes chegam aqui dizendo ter visto algum calçado interessante no site. Também recebemos muitos e-mails e telefonemas de pessoas querendo reservar algum item. Despachamos por Sedex cerca de dois ou três produtos por semana para estados como Rio de Janeiro e Santa Catarina”, comemora o gerente André Zeferino Damacena.


Outra experiência positiva é a da concessionária Aquitaine Peugeot, que divulga principalmente carros seminovos na Vitrine Virtual. De acordo com o gerente comercial Natanael Lima de Oliveira, o retorno é muito bom. “Percebemos que os e-mails que chegam pelo site são de pessoas realmente interessadas na compra. Os contatos rendem entre cinco e sete vendas por mês”, afirma.