Tendências de investimentos em TI

0
2


O Instituto Sem Fronteiras (ISF) divulgou os dados do estudo Tendências de Investimentos em TI para 2006, resultado de pesquisas com CIOs e principais executivos da área de TI de 700 organizações dos diversos segmentos do setor produtivo brasileiro. A análise revela crescimento para os investimentos em TI em relação ao ano passado, com significativo aumento para a aquisição de tecnologias de VoIP (voice over internet protocol) e BI (business inteligence) e grande tendência para a adoção de práticas de Governança de TI.

Esta série de estudos, que ainda será acrescida até o final deste mês de outras 300 empresas, destaca os segmentos de Governo, Financeiro, Manufatura, Óleo, Gás & Mineração, Serviços, as 500 maiores empresas no país e o middle market, com empresas de faturamento anual acima de 30 milhões de Reais, não inclusas entre as 500 maiores.

“Estas primeiras análises mostram que o comportamento dos investidores de TI para 2006 será bem diferente do que foi no ano de 2005, marcado principalmente por grandes investimentos em infra-estrutura e renovação da base instalada”, diz Ivair Rodrigues, diretor de Pesquisas do ISF. “Para 2006, cada um dos segmentos terá objetivo distinto. O que haverá em comum entre quase todos eles será o aumento significativo dos investimentos em VoIP e BI e um forte interesse na adoção de governança de TI.

Segundo o executivo, muitos projetos que estavam parados, saíram da gaveta em 2005, como grandes investimentos em segurança e continuidade e em consolidação e em soluções de back office, a exemplo do ERP. “Todos os segmentos tiveram seu orçamento aumentado em reais e se beneficiaram na compra de produtos de hardware e software, devido à queda do dólar”, observa Rodrigues.