Tweets na Copa

0
11
Durante a Copa do Mundo, os brasileiros tiveram mais foco em falar sobre os jogadores da seleção brasileira nas redes sociais do que assuntos voltados à economia ou a organização do evento. Em um estudo realizado pela Almawave, de cada dez tweets referentes a atletas brasileiros, cinco citavam o jogador Neymar, fazendo com que seu nome fosse mais citado do que todos os demais atletas. 
Enquanto isso, outros temas ficaram em segundo plano. “Segundo o levantamento, mais de 87,7% das publicações, no período de 12 de junho a 13 de julho, foram relacionados ao aspecto esportivo do evento, enquanto 5% abordaram a imprensa/personagens, 4,2% a organização, 1,1% a economia e turismo, empatados, e 0,6% as questões sociais (incluindo criminalidade, pobreza, saúde e corrupção)”, explica o vice-presidente do conselho de administração da Almawave no Brasil, Giulio Salomone. Ainda assim, apesar da nota alta dada pela Fifa, foi levantado que a maior parte das opiniões envolvendo o evento esportivo foi neutra (58%), mas os tweets negativos superaram os positivos (29%  contra 13%). 
A questão econômica foi a que mais atraiu críticas, com 47,1% dos mais de 1,1 milhão de posts negativos. A queixa mais comum dos usuários é a respeito do grande montante investido para o evento esportivo, em comparação com o aumento do PIB praticamente nulo. 
Para realizar este levantamento, a Almawave analisou, por meio da solução própria IrideAware, mais de 101,5 milhões de tweets em seis línguas (inglês, espanhol, francês, português, italiano e alemão), entre os dias 12 de junho a 13 de julho.