Varejo em alta

0
15



Pelo 30º mês consecutivo o comércio da região metropolitana de São Paulo registrou alta. Em setembro a elevação nas vendas foi de 9,5% no contraponto ao mesmo período de 2007, segundo apurou a Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista (PCCV), da Federação do Comércio do Estado de São Paulo. No ano, o índice acumula variação positiva de 5,4%. A maior elevação foi no setor de Concessionária de Veículos (40%), enquanto a principal queda foi nas lojas de Autopeças e Acessórios: (-21%).

 

De acordo com a Fecomercio, até setembro o comércio varejista continua apresentando o ritmo verificado ao longo do ano: vendas aquecidas e impulsionadas pela combinação positiva das expansões do crédito e da renda. Mesmo com a alteração das percepções relativas ao cenário internacional, a tendência de curto prazo pouco deve se alterar. Alguns setores do varejo podem mostrar antecipadamente sinais de reação a um quadro mais complexo, como o setor de venda de automóveis e de eletroeletrônicos.

 

As lojas de material de construção apresentaram elevação de 30,5% no faturamento real de setembro. O segmento de vestuários, tecidos e calçados registrou elevação de 29,9% ante mesmo período de 2007. O setor de farmácias e perfumarias terminou setembro com alta de 15,3% em relação ao mesmo período do ano passado. O faturamento das lojas de eletrodomésticos e eletroeletrônicos cresceu 11,7% frente ao mesmo mês do ano passado. As vendas das lojas de Móveis e Decorações em setembro cresceram 8,1% em relação ao mesmo período de 2007.

 

Por outro lado, as lojas de departamentos apresentaram, em setembro, variação negativa de 10,7% na comparação com o mesmo mês do ano anterior. Outro que apresentou queda foi o segmento de supermercados, que caiu 12,5% no faturamento real frente ao mesmo mês do ano anterior.