Venda mais no Dias dos Namorados

0
3



Autor: Carlos Cruz

 

As datas comemorativas estão sempre entre as mais importantes para os comerciantes. No próximo Dia dos Namorados, 12 de junho, a situação não deverá ser diferente. Uma prova disso são os números da recente pesquisa feita pelo Serasa Experian, que apontou que 49% dos varejistas acreditam em um crescimento das vendas. No entanto, é válido lembrar que para acompanhar o otimismo do mercado é preciso buscar maneiras de se destacar. Além das tradicionais decorações especiais e promoções, os vendedores, figuras essenciais nesse contexto, precisam se preparar para esse aumento do consumo.

 

A tendência é que o fluxo de clientes nas lojas seja maior nos próximos dias e esse é o momento de investir em estratégias específicas para conquistar os consumidores. Antes de tudo, é preciso entender que cada pessoa possui um motivador de compras e o papel do vendedor é conseguir detectá-lo e conduzi-lo para a melhor opção de compra, por meio de uma negociação assertiva.

 

Em uma empresa com uma equipe de vendedores profissionais, o trabalho vai muito além de mostrar uma peça exposta na vitrine, ele precisa enxergar as verdadeiras necessidades dos clientes e apresentar as melhores opções de compras, buscando oferecer uma solução adequada. Quando um consumidor recebe um atendimento exclusivo, ele sai do estabelecimento mais confiante e certo de que fez a escolha ideal, valorizando seus recursos, tanto o tempo como o dinheiro investido.

 

O grande propósito é aproveitar os bons momentos para ganhar novos clientes e fidelizar os antigos. Além disso, aqueles que possuem domínio do processo de vendas conseguem resultados positivos com maior naturalidade. Por isso, sugiro cinco passos que ajudarão os profissionais do varejo a terem maior relevância:

 

Planejamento e estrutura – Estoques abastecidos, um ambiente atrativo e equipes bem preparadas são essenciais. Esteja atento à situação do setor e trace estratégias de vendas de acordo com o cenário. Neste ano, por exemplo, o levantamento feito pelo Serasa Experian mostrou que os produtos mais procurados serão roupas, calçados, acessórios, perfumaria e cosméticos. Procure comercializar as melhores opções de presentes dentro da expectativa do mercado, adequando o mix de produtos e serviços a esse público.

 

Criatividade – Tente sair dos moldes engessados de vendas, se aproxime do cliente realizando perguntas para identificar necessidades e desejos, com bons argumentos, apresentando opções interessantes e personalizadas ao perfil de cada pessoa. Isso fará com que ele se sinta à vontade e tenha prazer em comprar.

 

Aumente o ticket médio – Estimule a equipe de vendas, treinando-os para elevar o ticket médio, faça com que eles ofereçam mais produtos para compor o presente. Além disso, sugira opções com valor agregado maior. O ideal é fugir da venda simples, na qual o cliente sai com apenas uma camiseta da loja. Por que não instruir os profissionais a terem percepção do estilo do cliente para, assim, poderem oferecer também produtos complementares, por exemplo?

 

Crie uma aproximação – Fuja de uma venda fria, quando o cliente entra e sai da loja em poucos minutos, mais importante que a quantidade de pessoas atendidas por dia é o valor de cada venda e a quantidade de oportunidades convertidas em negócios.

 

Fidelize o cliente – Quando o cliente fica satisfeito com o atendimento, ele cria uma imagem positiva da empresa e do processo de compra. Isso faz com que ele retorne sempre que necessário. Cliente bem atendido faz boas recomendações, que por sua vez, resultam em novos clientes.

 

Carlos Cruz é vendedor e diretor do Instituto Brasileiro de Vendas, IBVendas.