Vendas do Dia das Mães registram alta

0
1



O SPC Brasil, Serviço de Proteção ao Crédito, apurou alta de 4,04% nas vendas do varejo na semana que antecedeu o Dia das Mães. O resultado veio ligeiramente abaixo da projeção inicial da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas), de crescimento de 5%, e se refere à variação registrada entre 2011 e 2012. O índice de vendas do Dia das Mães é calculado pelo SPC Brasil com base no volume de consultas no varejo para compras no cheque ou crediário nos sete dias que antecederam o segundo sábado de maio, Véspera do Dia das Mães.

 

Conforme avaliação do presidente da CNDL, Roque Pellizzaro Junior, o crescimento das vendas em torno de 4%, ainda que abaixo do previsto, é um bom indicativo de que a demanda interna já começa a responder de maneira mais firme aos estímulos dados ao consumo e à melhor condição dos juros básicos, que estão próximos ao patamar mais baixo já vivido pelo Brasil. “Houve muita incerteza no início do ano em relação ao patamar de crescimento econômico que poderíamos ter em 2012, mas esses primeiros números reforçam nosso otimismo para as próximas datas festivas, e em especial o Dia dos Namorados, agora em junho”, diz.