Vendas dos supermercados crescem 6,24%

0
2

As vendas reais do setor supermercadista em julho de 2011 cresceram 6,24% em comparação a junho de 2011, de acordo com o Índice Nacional de Vendas, divulgado mensalmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). Em comparação a julho de 2010, a alta registrada foi de 4,75%. No acumulado de janeiro a julho, as vendas registraram crescimento de 4,32% Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE.
Em valores nominais, o Índice de Vendas da Abras apresentou crescimento de 11,95% em relação ao mesmo mês do ano anterior e alta de 6,41% sobre o mês anterior. “O crescimento de 6,24% em relação ao mês anterior pode ser atribuído ao calendário. Julho contou com 31 dias e cinco finais de semana, enquanto que junho teve quatro finais de semana e 30 dias. Além disso, a diminuição do desemprego – com acréscimo da renda do trabalhador – também contribuiu para o resultado do mês”, avalia o presidente da Abras, Sussumu Honda.
Em julho, o AbrasMercado, cesta de 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresentou queda de -1,09% em relação ao mês imediatamente anterior, passando de R$ 299,24 para R$ 295,58. Em relação a julho de 2010, o Abrasmercado acumula alta de 8,95%.
Os produtos com as maiores altas em julho, na comparação com o mês anterior, foram: sabonete, com 3,57%; margarina cremosa, com 3,26%; e feijão, com 2,73%. Já os produtos com as maiores quedas foram: tomate, com -17,75%; batata, com -11,40%; e desinfetante, com -2,97%.