Visa alcança marca de US$100 bilhões

0
12


A Visa International anuncia que a região da América Latina e Caribe alcançou a marca de US$ 100 bilhões em volume no ponto-de-venda, confirmando que continua a crescer trimestre a trimestre, especialmente em função de uma tendência de aumento do uso do sistema de pagamento eletrônico na região. O volume atual no ponto-de-venda alcançou a cifra de US$102 bilhões nos quatro trimestres finalizados em 30 de setembro de 2006, representando um crescimento de 35% ao ano em todos os produtos com a bandeira Visa.

“A Visa vem construindo uma trajetória sólida sem precedentes, devido à conveniência, inovação e segurança que oferece em estabelecimentos comerciais. Nossos índices de crescimento consistentes refletem os valores e os benefícios da Visa, ao lado de uma tendência de estabilidade econômica na região e o conseqüente aumento na concorrência entre bancos. O resultado é um maior acesso e uso dos meios de pagamentos eletrônicos”, diz Eduardo Eraña, presidente da Visa International, Região da América Latina e Caribe.

Alcançar a marca de US$ 100 bilhões foi possível devido aos aumentos acima da média no volume nos pontos-de-venda de países-chave como o Brasil, onde o aumento de 41% representou cerca de US$ 51 bilhões, e no México, onde o aumento foi de 34%, representando US$18,8 bilhões. O marco de US$ 100 bilhões indica, ainda, que o sistema de pagamento eletrônico tornou-se mais acessível, tornando-o mais confiável para consumidores, empresas, governos e estabelecimentos comerciais. O volume de vendas com cartão de crédito, até setembro de 2006, era de US$ 80 bilhões, representando um aumento de 37% em relação ao período anterior.

Globalmente, a Visa também continua crescendo acima da média. O volume em pontos-de-venda para os últimos 12 meses, encerrados em setembro de 2006, chegou a US$ 2,9 trilhões, indicando um aumento de 14% em relação ao mesmo período do ano anterior.