Vivo é anunciada com 48% do mercado de telefonia celular

0
3

Vivo! Este é o nome da empresa formada pelos Grupos Telefónica Móviles e Portugal Telecom. O anúncio representa a consolidação da maior empresa de telefonia móvel da América do Sul, com mais de 17 milhões de clientes, após a incorporação da Tele Centro Oeste (TCO). Este número eqüivale a 10% da população brasileira e 48% do mercado de telefonia celular do Brasil.
“A Vivo é a expressão da confiança que a Portugal Telecom e a Telefónica Móviles depositam no Brasil”, afirma o seu presidente executivo, Francisco Padinha. “Com ela, consolidamos nossa liderança no país e vamos construir a maior operadora celular da América Latina”, ressalta Padinha, acrescentando que a nova empresa passará a atuar num território igual ao da Austrália, cerca de quatro vezes o México, mais de 12 vezes a Península Ibérica e cerca de 76% dos Estados Unidos.
A Vivo vai ser uma marca única e já está presente em oito Estados. Após a aprovação da Anatel, a empresa passará a atuar em 19 Estados e mais o Distrito Federal, cobrindo 86% do território nacional, uma área de 7 milhões de quilômetros quadrados e atingindo uma população que representa 83% do PIB brasileiro e 73% da população total do Brasil. Assim, a Vivo vai operar nos Estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Roraima, Rondônia, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins, além do Distrito Federal.
Dessa forma, as operações antes cobertas regionalmente – Telesp Celular, Tele Sudeste Celular, Global Telecom, CRT Celular e Tele Leste Celular – e mais as operadoras em fase de análise (NBT e TCO), estarão sob o comando único da Vivo. No final de março, a joint venture confirmou a aquisição da TCO, cujo anúncio de intenção de compra foi feito em 16 de janeiro último, pelo valor de R$ 1,408 bilhão.
A Vivo conta com cerca de 7 mil colaboradores e é responsável pela geração de mais de 50 mil empregos diretos e indiretos em todo o Brasil. A receita operacional líquida consolidada de todas as operadoras que integram a Vivo foi da ordem de R$ 9 bilhões, em 2002 (incluindo TCO Celular/NBT). Portugal Telecom e Telefónica Móviles têm, respectivamente, participação de 50% na Vivo, que possui uma sólida situação financeira e capacidade de geração de cash flow positivo.
Com a criação da Vivo, a Telefônica Móviles e a Portugal Telecom reafirmaram sua opção tecnológica pelo CDMA no Brasil. O CDMA é a tecnologia escolhida para a terceira geração em todo o mundo. É a tecnologia do futuro. Apresenta a melhor performance entre as disponíveis para a transmissão de dados via celular e permite a oferta de produtos e serviços de terceira geração, a 3G, sem a necessidade de aquisição de novas faixas de radiofreqüência. O sistema CDMA foi aprovado, em 1999, pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) para o setor, como padrão para a terceira geração em todo o mundo.
A expansão dessa tecnologia avançada no país, assim como a integração das operações da Telefónica Móviles e Portugal Telecom sob a marca única Vivo, agregarão claros benefícios aos seus clientes. Mas essas mudanças em nada alteram o meio pelo qual os consumidores acessam seus serviços. Os atuais números de telefones não sofrerão mudança alguma e os aparelhos não precisam ser mudados.