Votorantim anuncia política cultura

0
0


O Grupo Votorantim revelou sua Política Cultural, conjunto de diretrizes que irão nortear e potencializar os investimentos na área. A política foi construída para garantir ao grupo uma atuação coerente com os valores e a realidade brasileira. Por isso, tem como foco a democratização cultural e por princípio a valorização da arte na formação humana, ressaltando a importância de torná-la mais acessível à maioria dos brasileiros.

A escolha expressa o desejo do Grupo Votorantim de beneficiar amplas camadas da população, permitindo acesso às criações artísticas. Desta forma, pretende contribuir para a diminuição do desequilíbrio entre a alta produção cultural e seu baixo usufruto. Para planejar e colocar em prática as diretrizes, a Votorantim contratou a agência de consultoria Significa.

Com o lançamento da política, a Votorantim abriu ontem, dia 5 de setembro, um processo de seleção pública de projetos que destinará R$ 4 milhões para iniciativas culturais que ampliem e melhorem as opções, as experiências e o acesso da população, especialmente jovens, a criações artísticas. “Cultura é uma demanda de todo o indivíduo, pois humaniza, desenvolve o senso crítico e cria cidadãos capazes de ver o mundo com novos olhos. Por tudo isso, a Votorantim entende que a cultura deve ser encarada como uma questão estratégica no desenvolvimento social”, afirma José Ermírio de Moraes Neto, presidente do Instituto Votorantim.

O processo de inscrição vai até 27 de outubro, podendo concorrer projetos de todo o Brasil. As propostas serão avaliadas por uma comissão técnica independente, formada por especialistas da área cultural, que julgará a viabilidade, metodologia e o conteúdo cultural das propostas. A decisão final ficará a cargo do Comitê Cultural e do Conselho do Instituto, que examinará os projetos pré-selecionados pelos especialistas. O resultado do processo de seleção será anunciado em dezembro.