Workshop de benchmarking do PECC

0
17
A ClienteSA e a V2 Consulting apresentaram ontem, no 1º Workshop de Benchmarking do PECC, muitas novidades para um público formado por 60 executivos de empresas de vários segmentos e atividades. “A receptividade foi muito boa pelas novidades que estamos apresentando. Talvez a maior delas é criar um ambiente colaborativo onde as empresas vão compartilhar conhecimento e crescer juntas, a partir de parâmetros claros e transparentes”, explica Vladimir Valadares, sócio-fundador da V2 Consulting. Entre as mudanças, o prêmio passa a se transformar em um projeto colaborativo de geração de conhecimento, com um olhar muito atento a questões cotidianas como a satisfação do cliente e as práticas de gestão.
Assim, o 1º Workshop faz parte do novo Projeto do PECC, como esclarece o diretor da Grube, Vilnor Grube. Nessa primeira edição, a concentração de conteúdo esteve em torno da apresentação das mudanças e compartilhamento dos conceitos, debatidos e bem recebidos pelos participantes. Na abertura, André Feltrin, diretor executivo da CSU, que sediou o encontro, reconheceu os esforços na direção de criar parâmetros seguros de benchmarking, assim como Paulo Muller, CEO da Ayty, patrocinadora do workshop.
Na avaliação de Elizabeth Andreoli, gerente de relacionamento da casa do cliente do Grupo GPA, o projeto é uma grande contribuição para a atividade. “Como alguém disse no evento. Ninguém conhece tudo. Mesmo sendo uma empresa com mil lojas, 160 mil funcionários a gente sempre tem o que aprender. É uma questão de ser humilde e reconhecer que já fez bastante, mas tem muito a ser feito”, comenta.
Marcos Barros Silva, do time de gestão de clientes da DHL, que apresentou o case da empresa, ficou satisfeito. “As pessoas foram se posicionando e surgiram muitos inputs com muitas ideias positivas. As pessoas ficaram a vontade para entregar suas preocupações, suas necessidades, seus problemas. E ao mesmo tempo a turma ia retroalimentando com sugestões e preocupações para pensarmos de maneira diferentes. E o debate no final permitiu fazer uma amarração bem bacana de tudo”, avalia o executivo que apresentou o case da empresa.