Ainda pode mais

0
5
Para quem enfrenta problemas com dívidas e ameaça no orçamento familiar, o crédito consolidado pode ser a solução. Segundo Karolina Coghe, professora de Economia do Unisal, de acordo com o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) mais de 30% das famílias brasileiras se consideram endividadas, sendo que 14% dessas possuem um débito cinco vezes maior que os ganhos mensais. Com isso, por meio da modalidade, é possível que o consumidor consiga reunir todos esses débitos de curto prazo em apenas um débito e resolva os problemas financeiros. “Isso permite que o consumidor obtenha um maior prazo no crédito e assim reduzir os encargos mensais de uma forma bastante significativa”, explica.
Por conta das facilidades que oferece, Karolina afirma que a modalidade tem apresentado crescimento. “O que explica esse cenário é que também é vantajoso para o devedor no sentido de que diminui o trabalho de ir à instituição financeira e possibilita o empréstimo até para pessoas com nome em registro de inadimplência no SPC ou no Serasa”, comenta.
No entanto, segundo a professora, alguns fatores como conhecimento dos consumidores, ainda é um obstáculo para que essa modalidade cresça ainda mais. “Estabilidade nos empregos e planejamento financeiro são alguns desafios para a modalidade crescer. Além disso, ainda falta divulgação dos benefícios e da sua utilização”, esclarece.