Clique no banner e vote na fera que te representa!
Clique no banner e vote na fera que te representa!

O canal para quem respira cliente.

Aumento controlado

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on twitter
Share on linkedin
A inadimplência do consumidor subiu 2,7% em todo o país em maio de 2015, na comparação com o mês anterior, de acordo com dados nacionais da Boa Vista SCPC (Serviço Central de Proteção ao Crédito), na avaliação da série com ajuste sazonal. No acumulado em 12 meses (jun/14 a mai/15 contra os 12 meses antecedentes) a inadimplência teve alta de 1,6%, e na avaliação interanual (mai/15 contra mai/14) o indicador subiu 3,1%.
Apesar da piora de alguns indicadores macroeconômicos nos últimos meses – como o aumento da desocupação no mercado de trabalho, elevação dos juros e tributos, entre outros fatores -, o perfil do consumidor mais cauteloso ainda contribui para que não se observe maior deterioração do nível de inadimplência das famílias. Ademais, o baixo crescimento da economia e, consequentemente, o menor consumo das famílias também são fatores que colaboram para que a inadimplência em 2015 seja relativamente pequena. Desta maneira, a Boa Vista SCPC estima que o Indicador de Inadimplência do Consumidor encerre o ano com ligeiro crescimento de 3,0%.
Na análise regional, a avaliação mensal (mai/15 contra abr/15) na série com ajuste sazonal, todas as regiões apresentaram alta da inadimplência, exceto a região Sul, onde a inadimplência obteve ligeira queda de 0,8%. Nas demais regiões, a inadimplência aumentou: 8,6% no Centro-Oeste, 7,0% no Norte, 4,0% no Nordeste e 1,6% no Sudeste.
Na análise do varejo, a avaliação mensal dessazonalizada apresentou no resultado nacional elevação de 2,8%. Com exceção da região Centro-Oeste, onde a inadimplência obteve ligeira queda, de 2,6%, houve alta nas demais regiões: 1,9% no Sudeste, 3,8% no Sul, 5,9% no Nordeste e 6,3% no Norte.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima