Benefícios para todos

0
6
Ser cobrado ou ter um problema na justiça por problemas com dívidas é uma situação pela qual nenhum consumidor quer passar. Inevitavelmente, por alguma dificuldade financeira, esses problemas podem acontecer. Por isso, segundo Francisco Pereira, CEO da Agyx Cobranças, no entanto, o protesto deve ser realizado de forma adequada, para que tanto cliente e empresa saiam beneficiados. “Cabe à empresa analisar o comportamento do cliente, para estabelecer juntamente com o setor de crédito e cobrança esta política e regra para o protesto”, explica.
Contudo, o inadimplente deve entender que, apesar de uma situação embaraçosa, o processo precisa ser realizado pela empresa, que visa recuperar esse cliente e o crédito. “Quando há instrução clara no boleto de cobrança sobre o protesto, a parte devedora entende que é consequência pelo atraso ou falta de pagamento”, afirma Pereira, destacando os cuidados que se devem ter com essa forma de cobrar.
O executivo acrescenta ainda que não há desvantagem em utilizar o protesto como forma de recuperar o crédito, mas que deve ser feito dentro das normas e padrões estudados para o seguimento que a empresa credora atua. “É uma forma de resguardar o capital”, comenta.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorQual o preço da sobrevivência?
Próximo artigoAspect lança WFM Cloud