Copa do Mundo aumenta inadimplência

0
9
A Copa do Mundo acabou, mas seus efeitos continuam sendo sentidos pela população brasileira. De acordo com a Pesquisa Nacional sobre Liquidação de Cheques realizada pelo TeleCheque, serviço oferecido pelo grupo Multicrédito, a inadimplência em cheque registrada em julho foi de 3,36%, valor 26,7% superior aos 2,65 pontos porcentuais constatados no mês anterior. 
“O impacto da Copa do Mundo foi sentido com mais intensidade em julho em razão do número de dias úteis de cada mês: os primeiros jogos da Copa, realizados em junho, ocorreram principalmente em dias de semana, o que gerou elevado número de feriados no mês ou ainda o fechamento antecipado do comércio. Consequentemente as pessoas acabaram tendo menos dias para fazer compras de maior valor. Os jogos de julho ocorreram basicamente nos fins de semana, ou seja, além de disporem de mais dias para compras, a tendência foi que houvesse despesas maiores também com alimentação, transporte e outros gastos extras decorrentes dos próprios jogos”, analisa Walter Alfieri, diretor de Crédito e Risco da MultiCrédito.  
O estudo mostra ainda que o ticket médio no período foi de R$ 859, valor 1,6% superior aos R$ 845 registrados no mês anterior. A inadimplência de pessoas físicas, em julho, foi de 3,47%, e a de pessoas jurídicas, de 3,03%. O ticket médio das pessoas físicas foi de R$ 785 e o das pessoas jurídicas, de R$ 1.177.